RONDONOTICIAS quinta-feira, 28 de maio de 2020 - Criado em 11/10/2001

Acirra-se a briga pelo palácio Tancredo Neves


Por Valdemir Caldas

20/02/2020 08:31:11 - Atualizado

A troca de farpas entre o prefeito Hildon Chaves e a vereadora e pré-candidata do PP Cristiane Lopes dá bem a dimensão do que será a disputa para a prefeitura de Porto Velho. Até que se conheça aquele ou aquela que irá comandar os destinos dos portovelhenses, a partir de 2021, por um período de quatro anos, muito chumbo de grosso calibre será distribuindo.

Muita água ainda vai correr debaixo da ponte. O eleitor ainda não viu nada. É bom preparar os ouvidos e a paciência. Por enquanto, assistimos apenas o que se costuma chamar de o aquecimento dos motores, com trocas insultos pipocando aqui e ali, mas nada comprometedor capaz de macular a imagem dos eventuais contendores.

Não custa repisar, contudo, que o eleitor consciente não está interessado em quizilas pessoais ou partidárias. A ele importa tão-somente conhecer os projetos e programas de governo de cada candidato. Erra, pois, quem pensa que o eleitor vai se deixar levar por acusações mútuas ou lavagem de roupa suja, tampouco pelo emocionalismo barato ou pelo denuncismo inútil de quem pesca melhor em águas turvas. Quem assim proceder certamente cairá do cavalo.

Enquanto Hildon e Cristiane medem forças, o deputado federal Léo Moraes vai comendo pelas beiradas. Essa história de que ele teria desistido de concorrer à prefeitura de Porto Velho não procede. Pelo menos foi isso o que deixou transparecer um amigo e aliado seu, durante conversa com este colaborador, ontem, nas dependências da Câmara Municipal, minutos antes de começar a Sessão. O silêncio de Léo seria uma estratégia para evitar tornar-se alvo preferencial da artilharia adversária, no que ele está coberto de razão.

Aguardemos, pois, o desenrolar dos próximos capítulos. Lembrando, porém, que não será levando às ruas, na forma de agressões pessoais e futricagem, que vamos recolocar o município de Porto Velho nos trilhos.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.