RONDONOTICIAS terça-feira, 25 de junho de 2019 - Criado em 11/10/2001

Secretários no desespero


Por Antônio Queiroz

10/01/2019 10:33:45 - Atualizado

Secretários no desespero

Nesta sexta-feira completa oito dias que os novos secretários tomaram posse. Solenidade linda. Novos secretários sorridentes. Convidados se espremendo para prestigiar a solenidade. Tudo muito bom! Pois é. Passado toda euforia, eis que a realidade bate à porta. 

Acreditem: tem secretário que não está conseguindo trabalhar. A causa é que dezenas de "otoridades" estão pressionando titulares das pastas para nomear os apaniguados.Tem uma "otoridade" que não dá sossego aos secretários. 

O pior de tudo é que fazem chantagem. O bordalengo faz ameaça e promete declarar iniciada a III Guerra Mundial se seus apaniguados não receber CDS. 

Para ter um pouco de sossego e conseguir trabalhar, um secretário está despachando fora do gabinete, como forma de fugir do assédio desses pseudos "donos da razão".O velho índio Tabajara da Tribo Cariri foi informado que um secretário pode, a qualquer momento, entregar o cargo e voltar a ser um simples mortal. A euforia, sonho, desejos e anseios de trabalho do secretário deu lugar a uma decepção. O pior é que a decepção aumento com um amigo de longas datas querendo um CDS para uma certa pessoa. 

Indignado e revoltado com o atual momento que enfrenta, o secretário terá uma conversa com o governador Marcos Rocha e definir o que fazer.Sabe-se que há uma eleição em andamento para a Presidência da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia e uma figura do Poder Legislativo está "cantando de galo" e dando chute em portas de secretarias em busca de CDS.Sei não. As hienas são as mesmas. O que está mudando são as zebras e os gnus. Como sugestão, que essas "otoridades" tenham indigestão...!!!


* Antônio Queiroz é jornalista

*O Rondonoticias informa que as colunas são de inteira responsabilidade de seus autores



Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.