RONDONOTICIAS quarta-feira, 17 de julho de 2019 - Criado em 11/10/2001

Barco Deus é Amor realiza 2ª viagem do ano na próxima segunda-feira


Secom

23/01/2019 12:09:10 - Atualizado


RONDÔNIA - O Barco Deus é Amor, conhecido como Barco da Seas, fará na próxima segunda-feira (28) a segunda viagem do ano para atender às famílias que necessitam desse tipo de transporte para vir a Porto Velho receber serviços de saúde, assistência social, entre outros, inclusive aos  produtores ribeirinhos que aproveitam para vender sua produção agrícola.

Na viagem de ida para as comunidades do rio Machado, com retorno previsto para o dia 31, o barco contratado pelo governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), sairá do cais do rio Madeira a partir das 11h transportando passageiros e produtos, como material escolar para atender às escolas ribeirinhas, entre outros materiais e equipamentos adquiridos na capital. Pelo menos 120 pessoas, que é a capacidade máxima do barco, deverão ser beneficiadas com a passagem gratuita, entre moradores, produtores, professores e outros que vieram a Porto Velho pagando passagem, mas conseguem retornar gratuitamente.

Além da passagem gratuita, passageiros recebem três alimentações a cada viagem

De acordo com a assistente social Helena Regina, que atua pela Seas como fiscal do Deus é Amor, a primeira viagem de 2019, realizada de 14 a 16 de janeiro, atendeu aos moradores das imediações do rio Preto, que em fevereiro serão atendidos do dia 4 ao dia 6 (retorno), enquanto os do entorno do rio Machado serão de 18 a 21.

No barco, além da alimentação (café com frutas, sucos e sanduíche, almoço e jantar), os passageiros também contam com a assistência de uma enfermeira durante toda a viagem para procedimentos de primeiros-socorros, caso necessário, verificação da pressão arterial e orientações básicas sobre prevenção à saúde.

Periodicamente o barco também transporta equipes da Seas para desenvolver políticas de assistência e desenvolvimento social junto aos ribeirinhos, a exemplo da Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional (Cosan), que atua no sentido de garantir alimentos com qualidade em quantidade suficiente para as famílias, com base na Lei Orgânica de Segurança Alimentar nº 2.221/09. Encontros com as mulheres ribeirinhas também são realizado com vistas a capacitá-las para uma nova atividade profissional, informar e prevenir casos de violência, entre outros eventos voltados ao homem do campo, com foco nos que moram às margens dos rios.

A contratação do barco atende ao Decreto nº 6.040, de 7 de fevereiro de 2007, que institui a Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais com ações e atividades que reconheçam, valorizam e respeitam a diversidade socioambiental e cultural dessas famílias, que numa viagem em barco particular pagariam entre R$ 60 a R$ 70 por pessoa, além da mercadoria transportada, que é cobrada por quilo.

Na viagem realizada para o rio Preto no início do mês foram transportados para Calama 36 passageiros, Terra Caída (6), Gleba (31), Sítio Bom Jesus (5), Boa Ventura (5), Nova Aliança (1), Catarina (6), São Pedro (6), Tira Fogo (1), Ilha Nova (1), Jacarezinho (6), Papagaio (1), Maravilha de Jesus (2) e Conceição da Galera (4), totalizando 118. De produtos foram nove fardos de feijão (270 quilos), dois fardos de açúcar (60 quilos), cinco fardos de arroz (150 quilos), cinco caixas de óleo (90 litros), quatro sacos de quirela fina (120 quilos) e quatro sacos de quirela grossa (120 quilos). Na volta passando por Jacarezinho vieram 18 passageiros, Aliança (6), Gleba (3), Jacaré (2), Amparo (13), Santa Isabel (6), Ilha Nova (6), Calama (60), Boa Vista (1) e Ressaca (5), totalizando 120. Com eles vieram 97 fardos de farinha (5.820 toneladas), 10 baterias usadas (438 quilos), 12 sacos de castanha (240 quilos), oito sacos de açaí (160 quilos, três baldes grandes vazios (28,5 quilos) e 24 sacos de latinhas amassadas (168 quilos). Frutas e legumes também são transportados, além de móveis das famílias em processo de mudança.

O fortalecimento do trabalho na área da assistência e do desenvolvimento social é uma das prioridades do governador Coronel Marcos Rocha e da titular da Seas, Luana Rocha, objetivando a redução da desigualdade social e melhoria da qualidade de vida da população em situação de pobreza.

PRÓXIMAS VIAGENS

MARÇO:

Rio Preto – 11 (ida) 13 (volta)

Rio Machado – 25 (ida) 28 (volta)

ABRIL

Rio Preto – 8 (ida) 10 (volta)

Rio Machado – 22 (ida) 25 (volta)

MAIO

Rio Preto – 6 (ida) 8 (volta)

Rio Machado – 27 (ida) 30 (volta)

JUNHO

Rio Preto – 10 (ida) 12 (volta)

Rio Machado – 24 (ida) 27 (volta)


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.