30/06/2014 17:02:28 - Atualizado em 30/06/2014 17:02:28

Salas de cirurgia de hospital público continuam interditadas em RO

Interdição ética foi feita pelo Cremero no dia 14 de junho, em Ariquemes.

Ariquemes, RO: Duas das três salas de cirurgia do Hospital Regional de Ariquemes (RO), município distante cerca de 200 quilômetros de Porto Velho, continuam fechadas. A interdição ética ocorreu no último dia 14 de junho após Conselho Regional de Medicina de Rondônia (Cremero) realizar uma vistoria no local e alegar falta de condições de trabalho para os médicos da unidade de saúde. A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) informou que os equipamentos exigidos chegaram nesta segunda-feira (30).

Segundo a secretária da Semusa, Regina Santos, o HR recebeu: monitor de batimentos cardíacos, desfibrilador e carrinho de anestesia. Os equipamentos faltavam nas salas de cirurgia e motivaram a interdição. Os aparelhos devem passar por testes e em seguida, Regina afirmou que solicitará a presença do Cremero no hospital para avaliar se as salas têm condições ou não de voltarem a receber as cirurgias.

A secretária informou ainda que as cirurgias de emergência estão sendo realizadas normalmente na sala que não foi interditada e somente as cirurgias eletivas foram adiadas. “Os médicos vão testar os aparelhos e com o aval deles vamos solicitar uma nova inspeção do Cremero, que deve acontecer ainda nesta semana. Todos os equipamentos que o Cremero exigiu no laudo foram providenciamos”, afirmou a secretária.

Novo hospital em Ariquemes
Segundo o secretário de saúde do estado, Williames Pimentel, na última sexta-feira (27) foi assinada pela Caixa Econômica Federal a liberação da quantia de R$ 38 milhões para construção do novo Hospital de Ariquemes. Com a assinatura, será aberta licitação para contratação da empresa que fará obra no município. A obra deve ser executada num prazo de três a cinco anos, a partir da assinatura da ordem de serviço, que ainda não tem data definida.

fonte: G1RO

comentar

comments powered by Disqus

Ultimas Notícias

mais lidas