RONDONOTICIAS terça-feira, 20 de agosto de 2019 - Criado em 11/10/2001

Justiça impede vôo da Avianca para atender credores


04/04/2019 23:16:43 - Atualizado

SÃO PAULO - SP -  Passageiros e tripulação de um voo da Avianca tiveram de descer da aeronave na noite desta terça-feira (4), no aeroporto de Brasília, após Justiça pedir execução do arresto da aeronave.

O oficial de justiça impediu o voo 6173, com destino a Congonhas (SP), atendendo ao pedido de um dos credores da Avianca para reaver a aeronave.

Dois arrendadores conseguiram liminar para a apreensão de aeronaves e duas delas estavam em Brasília. Por volta das 21h30, a Avianca conseguiu a suspensão das liminares.

O voo, que inicialmente sairia às 19h, foi remarcado para as 22h, de acordo com informações da administradora do aeroporto Juscelino Kubitscheck.

Em nota, a Avianca Brasil informa que tomou as medidas necessárias, que os passageiros impactados estão sendo atendidos e que segue operando normalmente.

A companhia entrou com o pedido de recuperação judicial no início do ano e, em março, assinou um acordo para vender uma parte da empresa para a concorrente Azul


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.