RONDONOTICIAS sexta-feira, 16 de novembro de 2018 - Criado em 11/10/2001

Porto Velho sedia 1ª Oficina de Panificação Sustentável

Capacitação será ministrada por Fernando Cardoso Leal, consultor da UTFPR


Jaqueline Alencar / Rondonoticias

23/10/2018 11:53:15 - Atualizado

A capital de Rondônia vai sediar no próximo sábado (27), das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas, no Rondon Palace Hotel, a 1ª Oficina de Panificação Sustentável para Empreendedorismo e Reinserção Social.

A atraente capacitação será ministrada por Fernando Cardoso Leal, consultor do Laboratório de Tecnologias Alternativas de Gestão da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

O objetivo, segundo os organizadores, é de desenvolver competências e habilidades na área de empreendedorismo para residentes em comunidades Terapêuticas, incentivando a panificação sustentável, um tema que tem sido tese de defesa de muitos especialistas da área gastronômica como sendo de responsabilidade social e precursor do futuro nos negócios.

Conforme programação da oficina, o professor Cardoso Leal ensinará técnicas para produção de pães e cucas especiais utilizando produtos originais da Amazônia como: açaí, babaçu, castanha, e o cupuaçu.

A capacitação será ministrada para 30 empreendedores, selecionados das comunidades terapêuticas: Acriar, Giliard, Canaã e Projeto Abraçe, e é coordenada pelo Grupo de Pesquisa em Gestão da Inovação e Tecnologia (Geitec).

Parceiros

Como parceiros da Oficina, que conta com apoio do site Rondonoticias, estão: o Rondon Palace, que cedeu local para realização do evento; o professor doutor Flavio Filho; e Luciana G. Bezerra, assistente social na Secretaria de Estado da Ação Social (Seas/Crepad).

A programação dos realizadores da Oficina inclui visitação à Reserva do Lago do Cuniã juntamente com o consultor Cardoso Leal um dia antes do evento, na sexta-feira (26). A meta é, além de conhecer como vivem os moradores da Reserva Extrativista habitada por descendentes de migrantes nordestinos e índios da etnia Mura, valorizar o rico potencial turístico do estado.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.