RONDONOTICIAS segunda-feira, 30 de março de 2020 - Criado em 11/10/2001

A MULHER E O SEU DIA - Crônica por Arimar Souza de Sá

A mulher no escopo do mundo, é o elo infinito entre Deus e os homens.


Arimar Souza de Sa

Publicada em: 08/03/2020 10:48:51 - Atualizado

A mulher no escopo do mundo, é o elo infinito entre Deus e os homens. Minha saudação com ternura, nesse 08 de março o dia que lhe é consagrado.

Disse e não protestei um amigo em certa ocasião: DEUS É MULHER!

É claro que meu amigo estava convencido da grandeza, do desprendimento e o amor que nutre o coração das mulheres.

Falávamos, naquele instante, de grandes mulheres: Joana D’arc, Irmã Dulce, de Maria, a virgem mãe do Senhor, e de outras tantas santas. No silêncio, registramos o nome de nossa mãe, principalmente nos inesquecíveis dias de nossa infância.

Tudo para dizer que a mulher não tem tamanho, se permite, “apenas”, ter a dimensão do universo na grandeza de frutificar a terra.

Com ela, transportou-se a vida desde os dias perdidos no tempo, e é tão pura e divina a sua imagem, que dá para esconder a luz do sol e fazer as estrelas tremerem de ciúmes.

Como os astros universais do amor, são essas feras as verdadeiras ombreiras de Deus no carregamento de bondades infinitas.

Nos mosteiros ou nos confinamentos de um lar, elas parecem formiguinhas no interminável vai-e-vem do formidável labutar da vida.

Independentes, são altivas parceiras dos homens, nas conquistas patrocinadas pela inteligência privilegiada que possuem. Já foram sepultados os tempos da ignorância em que Lord Byron disse: “Mulher é um animal de cabelos curtos e poucas ideias”.

Porque nos dias atuais, são elas um exército a desafiar o mundo. Atuam nas escolas, nos hospitais, nos fóruns, nas fábricas, nas forças armadas, nas delegacias, e nada deixam a desejar nas conquistas legislativas, emprestando, sobretudo, integridade e destemor na tempestade dos grandes embates.

A mulher de hoje vai muito mais além do infinito, ao tornear o finito que a história lhe impôs.

Nas sendas da poesia, pode-se afirmar com esforço de convicção de que é a mais sublime invenção de Deus.

Por isso no seu dia, eu me largo em alto, largo e profundo, refletindo-me no espelho de sua grandeza para homenagear a todas as mulheres do mundo: negras, brancas, amarelas, da cor do céu, mas todas revestidas de um só coração.

Largo-me nessa aventura, para realçar o papel decisivo desse fantástico ser, no mundo contemporâneo, e dizer fraternalmente: São elas o elo infinito que existe entre Deus e os homens.

Ao ex-sexo frágil, não se tem duvidas, pertencerá a vida moderna, na aventura extraordinária da tecnologia e da ciência, e nada as impedirá de tomarem assento nos tronos das assembleias, nos conselhos, ou mesmo na hora do “vamos ver”, sem perderem, é claro, o sublime e grandioso papel da procriação.

A essas doces criaturas, neste dia em que se comemora universalmente o seu dia, eu me apoio na imensa força da imaginação para mandar-lhes milhões de toneladas de carinho, transportando com elas uma mensagem de paz e de amor a Deus.

Porque do amor de todas as mulheres é que se manterá o mundo, e desse mundo, a esperança da humanidade. SALVE 08 de março.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br