RONDONOTICIAS terça-feira, 26 de maio de 2020 - Criado em 11/10/2001

Flor do Maracujá é oficialmente cancelado devido ao coronavírus


Secom

Publicada em: 12/05/2020 12:49:49 - Atualizado



RONDÔNIA - O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), anuncia aos parceiros, colaboradores e público em geral o cancelamento da 39ª edição do Arraial Flor do Maracujá, prevista para acontecer no período de 26 de junho a 5 de julho, em Porto Velho.

A medida foi tomada em comum acordo entre a Sejucel e grupos folclóricos para proteger a vida dos rondonienses, em especial dos brincantes e visitantes que se fariam presentes no arraial, além de colaborar com o esforço que o Governo de Rondônia vem realizado para combater a pandemia do coronavírus.

Uma reunião, por meio de videoconferência, para debater os caminhos do arraial Flor do Maracujá aconteceu na segunda-feira (11) entre a União Junina Portovelhense (Unajup), Federação de Quadrilhas e Bois Bumbás de Rondônia (Federon) e a Sejucel. Segundo o superintendente, Jobson Bandeira, o momento é de resguardar vidas.

“Nós temos o dever de zelar pelas vidas de quem participa do Arraial, por lá passam milhares de pessoas e entendemos que o melhor caminho foi o cancelamento da festa”, disse o superintendente.

Antes mesmo da reunião com a Sejucel, a Federon e Unajup manifestaram-se, por meio de documento, a preocupação com seus federados e o público e o pedido de cancelamento desta edição.

Segundo Carmélia Cardoso, coordenadora de Cultura da Sejucel, todas as conversas com os representantes foram em salas virtuais em cumprimento à determinação aos órgãos de saúde. Ela lamenta o cancelamento desta festa tão esperada pela população, mas reconhece que o momento é de cautela e isolamento social. “O encanto das danças, cores e sons do Arraial Flor do Maracujá não será visto este ano por uma causa justa. Nós, da Sejucel, sabemos o quanto eles se preparam para cada apresentação. Nossa decisão é para salvar vidas”, enfatizou.

A Confederação Brasileira de Entidades de Quadrilhas Juninas (Confebraq) também manifestou-se em nota pública e afirmou que os concursos nacionais de quadrilhas, de casal de noivos e de rainhas no ano de 2020 estão cancelados em respeito às orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

CONFIRA A NOTA PÚBLICA DA CONFEBRAG

CONFIRA A MANIFESTAÇÃO DA FEDERON


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br