RONDONOTICIAS terça-feira, 23 de outubro de 2018 - Criado em 11/10/2001

Centro de convivência do idoso na zona leste abre agenda com festa de carnaval


Rondonoticias

09/02/2018 14:40:19 - Atualizado

PORTO VELHO,RONDÔNIA- Dezenas de idosos atendidos por programas sociais e esportivos da prefeitura de Porto Velho participaram na manhã desta sexta-feira (9), da abertura da agenda 2018 do programa Viver Ativo – esporte, lazer e entretenimento – executado pela Semes (Secretaria de Esporte e Lazer). O evento aconteceu no CCI (Centro de Convivência do Idoso) da zona leste, no bairro Tiradentes.

A programação foi prestigiada pelo prefeito dr Hildon Chaves, juntamente com a titular da Semes, Ivonete Gomes e o secretário de Ação Social e da Família, Claudi Rocha. O ponto alto foi uma festa de carnaval, com concurso de fantasias.

O Viver Ativo, que, em 2017, atendeu a 850 idosos, “hoje reúne, em três unidades, incluindo o Dona Cotinha, na região sul, e no CEU (Centro de Artes e Esportes Unificado), no bairro JK, zona leste, 1.760 pessoas de melhor idade com atividades orientadas por três professores de educação física, hidroginástica (no caso do CCI) e com atenção em fisioterapia”, segundo Ivonete.

Entre abraços, selfies e danças, durante o almoço no CCI, dr Hildon reforçou a preocupação de seu governo com a execução de políticas de atenção a melhor idade. Ele parabenizou aos secretários Claudi e Ivonete, a coordenadora do centro, Luci Maria Rocha da Silva, e, através do vereador Edwilson Negreiros, o apoio da Câmara Municipal. “Prefeito não trabalha em prol da população se não tiver o apoio da Câmara”.

SEM DEPRESSÃO

Na avaliação do secretário de Ação Social e da Família, Claudi Rocha, “é de extrema importância o trabalho de inclusão da melhor idade pelo lazer, esporte e entretenimento. Resgata-se a dignidade do idoso. Muitos aqui, está comprovado, são curados de depressão pelo trabalho que desenvolvem nas unidades de convivência”.

A festa de carnaval realizada foi um exemplo, avaliou a secretária Ivonete, a espeito da eficiência do programa de qualidade de vida, tirando a depressão do público-alvo, dando-lhe condicionamento físico, contribuindo para melhor qualidade de vida e integração social”.

O trabalhador rural aposentado João das Almas de Oliveira, 77 anos, era um dos mais animados do baile. Ele disse que há 10 anos comparece ao CCI, onde, segundo disse bastante animado, “me sinto muito bem!”.

PORTO VELHO À FRENTE

Vanusa Soares, presidente do Conselho Municipal da Pessoa Idosa, garantiu que Porto Velho “está à frente de muitos outros municípios em termos de política de atenção ao idoso. O município acompanha a evolução no setor para não interromper a forma de tendimento ao idoso”.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.