27/06/2016 18:20:32 - Atualizado em 27/06/2016 18:29:53

Acadêmicos de medicina da Unir protestam contra cortes de bolsas

PORTO VELHO - RO - Acadêmicos do curso de Medicina da Universidade Federal de Rondônia (Unir), realizaram, na manhã desta segunda feira, 27, no pátio da Instituição, uma manifestação contra o corte de bolsas de estudos para preceptores, professores que auxiliam durante o internato.

De acordo com informações da Reitoria da Universidade, o corte foi feito pelo próprio MEC, através de ofício. Ainda conforme o reitor Ari Otti, a Unir tem como arcar com os custos das bolsas de imediato.

Otti reclama que o corte não foi precedido de aviso prévio, o que dificultou um planejamento da universidade. "Já realizamos reuniões com o MEC em Brasília, mas até agora nenhuma decisão foi tomada. O ministério arcava com o pagamento de 50 bolsas para professores orientarem os alunos durante o internato e a Unir pagava mais 20 com o seu orçamento, em um ano o custo é de R$ 700 mil. Mas o corte das bolsas foi sem aviso, logo não tivemos tempo de nos organizar", explica.

Para o reitor da UNIR, o curso de Medicina vai ser o mais prejudicado com os cortes das bolsas



fonte: Rondonoticias

comentar

comments powered by Disqus

Ultimas Notícias