19/12/2016 09:16:36 - Atualizado em 20/12/2016 09:00:40

70% dos trabalhadores vão ser afetados por reforma da Previdência

Analistas dizem que apesar das restrições impostas, a reforma é essencial para equilibrar as contas públicas...

A reforma da Previdência proposta pelo governo afetará cerca de 70% dos trabalhadores que estão na ativa, de acordo com as novas de concessão de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Segundo informações do Correio Braziliense, os números levam em conta as 141,3 milhões de pessoas em idade ativa no país, conforme dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 2015.

Desse total, 101,4 milhões de cidadão não se enquadram nas regras de transição propostas pelo Executivo e que serão analisadas pelo Congresso Nacional em 2017.

Para se aposentar, os trabalhadores terão de contribuir, obrigatoriamente, por pelo menos 25 anos e terão de atingir 65 anos de idade. Com isso, 53,3 milhões de homens com menos de 50 anos e 48,1 milhões mulheres com idade inferior a 45 anos, não terão direito às regras de transição definidas no texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 287.

De acordo com o texto, aqueles que estiverem enquadrados na regra de transição, terão de pagar um pedágio de 50% sobre os anos que faltam para se aposentar pelas normas atuais de tempo de contribuição.

Analistas dizem que apesar das restrições impostas, a reforma é essencial para equilibrar as contas públicas.

Para o economista Rogério Nagamine, pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a reforma é o único modo de garantir o pagamento de benefícios às gerações futuras.


comentar

comments powered by Disqus

Ultimas Notícias