RONDONOTICIAS sábado, 24 de outubro de 2020 - Criado em 11/10/2001

Previdência diz que 149 peritos do INSS voltaram ao trabalho

Segundo a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, foram realizadas 1.376 perícias presenciais nesta segunda-feira em 57 agências


r7

Publicada em: 21/09/2020 19:51:20 - Atualizado


BRASIL:
Dos 486 peritos que deveriam ter retornado ao trabalho nesta segunda-feira (21), 149 compareceram aos seus postos nas agências do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Foram realizadas 1.376 perícias presenciais.

Segundo a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, esses atendimentos ocorreram em 57 agências com perícia médica, das 100 que já estavam com a agenda aberta desde quinta-feira passada, de acordo com a secretaria.

Mais 50 agências foram consideradas aptas ao retorno na última sexta-feira (18) e terão agendas a partir desta terça-feira (22). O total de agências aptas é de 150, afirma a Previdência.

Desde a reabertura de parte das agências na segunda-feira passada (14), os peritos têm se recusado a retomar o trabalho, alegando falta de segurança nos consultórios. O impasse entre a categoria e o governo afeta quase 800 mil pessoas que necessitam do atendimento, muitas vezes com urgência.

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, afirma que as agências que foram liberadas a funcionar foram vistoriadas e atendem aos protocolos de segurança contra a covid-19, tanto de adequação do espaço físico como dos equipamentos exigidos para a segurança no atendimento.

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho publicou na sexta-feira (18) edital de convocação para que os servidores retomem os atendimentos de forma imediata nas unidades listadas na publicação.

Os peritos médicos decidiram fazer inspeções por conta própria nas agências do INSS desde esta segunda-feira (21) para voltar ao atendimento presencial. Segundo a A ANMP (Associação Nacional dos Médicos Peritos), as agências consideradas aptas serão imediatamente liberadas para a categoria retornar ao trabalho.

O governo afirmou que os servidores que não retornarem a partir desta segunda-feira terão os dias descontados de seus salários.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br