RONDONOTICIAS terça-feira, 22 de setembro de 2020 - Criado em 11/10/2001

Obra da EFMM garante emprego a cerca de 200 operários

Atualmente 200 operários, entre empregos diretos e indiretos, estão no canteiro de obras, gerando emprego e renda na capital


Condecom

Publicada em: 28/05/2020 08:13:00 - Atualizado



PORTO VELHO, RO - A Prefeitura de Porto Velho continua trabalhando em prol do desenvolvimento da cidade, com a retomada da economia, assegurando serviços essenciais, investindo em obras, entre elas as de resgate do patrimônio cultural, como é o caso do projeto de revitalização do complexo turístico da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (EFMM) no centro da cidade.

O investimento total é de quase R$30 milhões, sendo que a maior parte do recurso, aproximadamente R$23 milhões integra as ações de compensação da Santo Antônio Energia (SAE), garantidas através de um trabalho de articulação do prefeito Hildon Chaves, que desde o início da gestão trabalha em prol da garantia de tais investimentos. Somado ao valor de compensação, estão mais de R$3,5 milhões repassados pelo Ministério do Turismo e quase R$3 milhões de contrapartida da Prefeitura.

Atualmente 200 operários, entre empregos diretos e indiretos, estão no canteiro de obras, gerando emprego e renda na capital. A obra está em ritmo acelerado e, em poucos meses, o novo espaço deve ser entregue à população, fomentando ainda mais a economia local, já que o projeto prevê a construção de uma passarela ligando os galpões 1 e 2, onde terá um mezanino para abrigar peças do acervo histórico.

No galpão 3 (antiga Marinha), haverá uma praça de alimentação no piso superior e uma sacada com vista para o rio Madeira, entre outras novidades. Todo o projeto tem participação de órgãos municipais, estaduais e federais, criando funcionalidade e visibilidade, sem perder características históricas.

Todo o projeto tem participação de órgãos municipais, estaduais e federais, criando funcionalidade e visibilidade, sem perder características históricas. Entre os órgãos estão a Superintendência de Patrimônio da União (SPU) e o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), além do Ministério Púbico Federal (MPF), Ministério Público Estadual (MPE), Justiça Federal, AGU. Para o prefeito a revitalização garante a preservação do patrimônio de maior representatividade aos rondonienses.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br