RONDONOTICIAS quarta-feira, 19 de dezembro de 2018 - Criado em 11/10/2001

Comandante Geral da Polícia Militar Coronel Ronaldo Flôres detalha sobre a estrutura e o trabalho da PM para segurança do Estado de Rondônia. Confira...


Rondonoticias

11/05/2018 16:19:36 - Atualizado


Rondonoticias: Comandante, atualmente há interação entre a Polícia Civil e Militar na atuação para melhorar a segurança pública do Estado de Rondônia?

Comandante Geral da PM Ronaldo Flôres: Com certeza. Ela existe e deve ser cada vez mais trabalhada, porque o crime está crescente e os criminosos estão sofisticados, eles estudam as polícias. Por este motivo, ficou entendido que devemos ter um ótimo relacionamento.

Rondonoticias: Quase que diariamente são noticiados na cidade, casos de roubos nas agências do Banco do Brasil. Não há nenhum estreitamento ou medida das polícias ou dos órgãos de segurança disponíveis juntamente a essas instituições para coibir essas ações criminosas?

Comandante Geral da PM Ronaldo Flôres: Estou no Comando há pouco tempo e essa é umas demandas mais pedidas pela população. Nós estamos buscando uma tática e um diálogo junto a essas instituições para resolver esse problema que tem preocupado a todos.

Rondonoticias: Assim que assumiu o Comando Geral da Polícia Militar de Rondônia, uma de suas falas foi o empenho na valorização dos Policiais Militares. De que forma isso ocorreria na prática?

Comandante Geral da PM Ronaldo Flôres: O policial militar é o maior representante da corporação. Eu entendo que essa valorização aconteceria na facilitação a sua progressão funcional, possibilitando novas oportunidades. Auxiliando na saúde física e psicológica desses policiais. Há uma série de ações, mas destaco a qualificação profissional.

Rondonoticias: Já que estamos falando de valorização dos policiais, que cuidados e medidas existem com aqueles policiais que estão diariamente à frente, na guerra diária de traficantes e polícia? Há alguma ação preventiva?

Comandante Geral da PM Ronaldo Flôres: É comum para os policias enfrentarem situações de riscos diárias e até perdas de colegas de farda. Mas, mesmo assim, nós temos um projeto que já está em andamento que auxilia e trata o psicológico desses soldados.

Rondonoticias: Vamos falar de outro ponto que infelizmente ocorre. A corrupção. O que acontece com aqueles policiais indisciplinados e que cometem vários crimes? De que maneira a PM encara e trata isso?

Comandante Geral da PM Ronaldo Flôres: Estamos fortalecendo nossa Corregedoria e a nossa equipe de inteligência, no entanto já as considero bastante competentes na solução desses casos. Não há vista grossa por lá.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.