RONDONOTICIAS quinta-feira, 15 de novembro de 2018 - Criado em 11/10/2001

Palmeiras vence Santos e garante vaga na fase inicial da Libertadores

Com 66 pontos, o clube alviverde não pode mais ser alcançado pelo próprio Santos, atual sétimo colocado -os seis primeiros se classificam para o torneio sul-americano


Notícias ao Minuto

04/11/2018 09:28:44 - Atualizado


Três dias após a eliminação na semifinal da Copa Libertadores, o Palmeiras está assegurado na próxima edição da competição. A equipe conseguiu a vaga com a vitória sobre o Santos por 3 a 2, neste sábado (3), no Allianz Parque, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com 66 pontos, o clube alviverde não pode mais ser alcançado pelo próprio Santos, atual sétimo colocado -os seis primeiros se classificam para o torneio sul-americano-, que tem 20 pontos a menos. Ainda restam 18 em disputa.

A princípio, a vaga é para a fase inicial do campeonato. Porém, está muito próximo de conseguir a classificação para a fase de grupos. Hoje, possui 11 pontos a mais do que o Grêmio, quinto colocado.

Com 18 participações, Palmeiras, São Paulo e Grêmio são os clubes brasileiros que mais vezes disputaram a Libertadores.

A vitória sobre o Santos também deixou a equipe mais próxima do título do Brasileiro. O time tem sete pontos a mais que o Flamengo, vice-líder, que enfrenta o São Paulo neste domingo (4), no Morumbi.

Na competição, o clube está invicto há 16 jogos. A última derrota foi em 25 de julho, quando perdeu para o Fluminense por 1 a 0. O resultado custou a demissão do técnico Roger Machado.


No duelo deste sábado contra o Santos, Felipão promoveu alterações na equipe. Sem Mayke, suspenso, e Marcos Rocha, machucado, escalou Jean na lateral direita. O treinador também colocou Thiago Santos no lugar de Felipe Melo, que ficou no banco de reservas, e Gustavo Scarpa na vaga de Willian, lesionado.

Os três tiveram uma boa participação na partida. Scarpa ajudou na armação das jogadas e se movimentou bastante, enquanto Thiago Santos esteve bem na marcação, principalmente na etapa inicial.

O primeiro gol saiu dos pés de Jean. Ele arrancou com a bola e tocou para Borja concluir. O goleiro Vanderlei fez a defesa parcial, mas Dudu ficou com a sobra e marcou. O segundo foi feito por Edu Dracena, de cabeça, após cobrança de escanteio.


O Santos, que criou muito pouco na etapa inicial, contou com a ajuda do zagueiro palmeirense, para diminuir o placar no segundo tempo. Copete aproveitou um corte errado do defensor e finalizou no alto. Pouco depois, o Dodô marcou, empatando a partida.

Quando o Santos estava melhor em campo, o Palmeiras fez o gol da vitória em uma cobrança de falta de Victor Luís e falha do goleiro Vanderlei.

PALMEIRAS

Weverton; Jean (Guerra), Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luís; Bruno Henrique e Thiago Santos; Gustavo Scarpa, Lucas Lima (Felipe Melo) e Dudu; Borja (Deyverson).

T.: Luiz Felipe Scolari

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Dodô; Alison (Bryan Ruíz), Diego Pituca e Sánchez; Rodrygo (Copete), Gabigol e Derlis González (Bruno Henrique).

T.: Cuca

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

Assistentes: Kléber Lúcio Gil e Neuza Inês Back (ambos de SC)

Público/Renda: 38.938/R$ 2.723.126,86

Cartões amarelos: Edu Dracena, Lucas Lima e Dudu (Palmeiras); Luiz Felipe, Derlis González, Gabigol, Victor Ferraz e Pituca (Santos)

Cartão vermelho: Diego Pituca

Gols: Dudu (PAL), aos 13 minutos do primeiro tempo, Edu Dracena (PAL), aos 39 minutos do primeiro tempo; Copete (SAN), aos 9 minutos do segundo tempo, Dodô (SAN), aos 19 minutos do segundo tempo, e Victor Luís (PAL), aos 26 minutos do segundo tempo.






Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.