RONDONOTICIAS terça-feira, 20 de agosto de 2019 - Criado em 11/10/2001

Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu terá 53 atletas rondonienses


17/04/2019 14:51:51 - Atualizado

RONDÔNIA - “Nós temos a oportunidade de mostrar para os nossos amigos que isso é capaz e o que está sendo feito dentro do nosso Estado eu nunca vi. O Jiu-Jitsu é um esporte que vem conquistando espaço através da nossa federação. Nós temos a obrigação de  fazer o nosso melhor como pessoa e conquistar sempre mais. Isso é um passo estamos brigando juntos para firmarmos a base do esporte dentro do nosso Estado”, afirmou Chaiser Olímpio, um dos contemplados a representar Rondônia no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu.

Chaiser Olímpio

“O que o governo de Rondônia está proporcionando ao meu filho é uma grande evolução para sua carreira com lutador. Eu vim da agricultura, onde, sempre trabalhei em fazenda e há poucos anos estou na cidade grande. Uma dia meu filho chegou comigo e pediu participar de uma escolinha de Jiu-Jitsu e deixei. Desde então ele não parou. Um dia chegou com um medalha eu vi que ele tinha futuro” contou Admilson Menezes, pai do atleta Vagner Menezes, conhecido como Feliz.

Considerado uma das mais importantes competições da categoria, o Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu acontece de 26 de abril a 6 de maio. Para representar Rondônia, 53 atletas foram contemplados com a passagens de ida e volta para Barueri-SP onde acontece o evento.

Segundo o superintendente da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), Jobson Bandeira, o governo de Rondônia está cumprindo com seu papel, que é fomentar o esporte através destas ações. “Vale ressaltar que nós não estamos atendendo um grupo de pessoas, nós estamos possibilitando que sonhos sejam alcançados através do esporte em um nível nacional. Vão lá e nos representem. Façam o melhor por nós”, disse.

Jobson Bandeira, superintendente da Sejucel

O Jiu-Jitsu é uma arte marcial quase milenar que tem origem no Japão. Em meio às lutas dos guerreiros da época, a arte marcial foi aperfeiçoada ao longo do tempo e, atualmente, é modalidade em competições ao redor do mundo.

Segundo o presidente da Federação Rondoniense de Jiu-Jitsu, George Marcio, no último ano o governo apoio os atletas com passagens e naquele momento foram 30 atletas. “Sabemos do tamanho do trabalho para emissão destas passagens. A Sejucel vem fazendo um trabalho muito bom ao esporte. Prova disso é o aumento dos números que saltaram de 30 para 53 passagens. Isso é um avanço para gestão pública”, enfatizou.

O Recurso para estas passagens é oriundo de emendas parlamentares.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.