07/02/2018 15:26:28 - Atualizado em 07/02/2018 15:26:28

Fifa manda Cruzeiro pagar Independiente por Pisano

Clube mineiro foi condenado a pagar quase R$ 2 milhões. Cabe recurso da decisão.

O Cruzeiro foi condenado, nesta quarta-feira, a pagar o Independiente, da Argentina, pela negociação envolvendo o meia Matías Pisano. A Fifa determinou que o clube mineiro deposite 500 mil dólares (R$ 1,6 milhão), referente ao valor das duas parcelas em atraso da compra do jogador dentro de um prazo de 30 dias após a notificação. O clube mineiro, de acordo com a assessoria, já recebeu a notificação da cobrança e tem 10 dias, segundo o comunicado da entidade, para recorrer.

Além disso, o Cruzeiro terá que desembolsar 50 mil dólares (R$ 162 mil) referentes à multa pelo atraso do pagamento. O caso é um dos que o Cruzeiro enfrenta na Fifa. Ao todo, o valor, segundo levantamento, chega aos R$ 50 milhões . O departamento jurídico da Raposa já está cuidando do caso.

Contratado no início de 2016, o clube mineiro acertou a compra do jogador por R$ 4 milhões, referentes a 50% dos direitos econômicos, vendidos pelo Independiente da Argentina, e ainda abateu a dívida que o clube hermano tinha com o Cruzeiro pelo empréstimo do atacante Ernesto Farías. Na Fifa, os argentinos pleiteavam 550 mil dólares pelo pagamento, e não os 750 mil dólares divulgados anteriormente.

No negócio com o Independiente, o Cruzeiro acertou o pagamento parcelado em três vezes, sendo que, segundo os dados obtidos pelo GloboEsporte.com, não teria pago as parcelas dos meses de março e junho de 2016, que quitariam o negócio.

Matías Pisano assinou contrato por três temporadas com o Cruzeiro, mas não vingou na Toca da Raposa. O jogador foi emprestado ao Santa Cruz, no meio da temporada passada, e, no começo deste ano, foi negociado com o Tijuana, do México. Atualmente, o meia está no Talleres, da Argentina.


fonte: G1

comentar

comments powered by Disqus

Ultimas Notícias