RONDONOTICIAS terça-feira, 23 de outubro de 2018 - Criado em 11/10/2001

Rondoniense 2018: Em estreia, Guajará surpreende e vence o Genus por 3x1


Rondonoticias/Futebol do Norte

13/02/2018 09:07:53 - Atualizado

PORTO VELHO,RONDÔNIA- O Guajará estreou com vitória na noite desta segunda-feira sobre o Genus por 3 a 1 no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho, pela primeira rodada da disputa do Campeonato Rondoniense 2018.

Durante a primeira etapa, o Guajará abriu o placar com Marcos Bahia no minuto inicial e ampliou no final do primeiro tempo com Sander. O Genus chegou a descontar com Leivinha, mas o Guajará matou o jogo com gol de Jaiminho.

Com o resultado, o Guajará chegou aos três pontos e divide a liderança com o Vilhenense.

Na próxima rodada, o Guajará recebe no sábado o Barcelona no estádio João Saldanha, em Guajará-Mirim. Já o Genus enfrenta na sexta-feira o Vilhenense no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho.

O Jogo – Atuando diante de sua torcida, o Genus iniciou a partida querendo pressionar o adversário. Mas quem abriu o placar foi o Guajará. Logo a um minuto de jogo, Marcos Bahia recebeu em velocidade pelo meio do setor defensivo do Aurigrená e bateu no canto do goleiro Gabriel Sarges.

Em desvantagem, o Genus ficou bastante nervoso em campo e quem aproveitou o momento foi o Guajará. Aos 18’, Tatico recebe dentro da área e finalizou, mas o goleiro Gabriel Sarges defendeu.

A resposta do Genus ocorreu somente aos 20 minutos. Leivinha entrou na área e foi derrubado na área, mas o árbitro deu vantagem no lance. Leivinha se levantou e tocou para Formiga que bateu de bico, mas o goleiro Júnior salvou o Guajará. Na cobrança de escanteio, Luiz Alves cabeceou, mas o goleiro Júnior voltou a defender.

Aos 27’, o Guajará chegou com Jaiminho, que cabeceou, mas o goleiro Gabriel Sarges espalmou. Aos 41’, após novo cruzamento na área, Marcos Bahia tocou de cabeça no canto, mas o goleiro do Genus fez grande defesa no chão, salvando o Aurigrená. E de tanto criar, o Glorioso avançou com Sander que passou livre pelo meio da zaga e tocou na saída do goleiro Gabriel Sarges, marcando o segundo gol. Nos acréscimos, o Genus ainda teve duas oportunidades com Thiago Xuxa, porém em ambas ele finalizou para fora.

Para a segunda etapa, o Guajará voltou a campo com a mesma postura e buscando aproveitar os espaços do Genus. Aos três minutos, Lucas cobrou escanteio e Bibio cabeceou, mas Gabriel Sarges fez grande defesa, colocando para escanteio.

Aos oito minutos, após cobrança de escanteio, a bola sobrou dentro da pequena área para Leivinha bater de bico e descontar para os donos da casa.

Apesar do gol sofrido o Guajará seguiu mandando na partida. Aos 21’, em rápido contra-ataque, Jaiminho recebeu na área e bateu cruzado para fora. Aos 32’, Jaiminho teve nova chance. Ele recebeu dentro da área e não desperdiçou, batendo forte no canto do goleiro, fechando a vitória do Guajará.

Ficha Técnica
Genus 1 x 3 Guajará
Local:
estádio Aluízio Ferreira (em Porto Velho-RO);
Data: 12/02/2018 (segunda-feira);
Árbitro: Caio Nunes Cazuza;
Assistentes: Márcia Bezerra Lopes Caetano e Edvan Ferreira Alves; 4º árbitro: Thiago Carmo Brasil;
Gols: Marcos Bahia a 1' e Sander aos 43' do 1º tempo; Leivinha aos 8' e Jaiminho aos 32' do 2º tempo;
Cartões amarelos: Juninho e Marcão (Genus); Júnior, Pedrão, Ramon e Sander (Guajará);
Genus
Gabriel Sarges; Charlinho, Higor, Luiz Alves e Leivinha; Marcão, Juninho, Formiga e João Rages (Eric); Devid e Thiago Xuxa. Técnico: Mirandinha.
Guajará
Júnior; Ramón, Diego Norberto, Salatiel e Pedrão; Sander (Tenório), Bibio, Lucas Vieira (Welliton) e Tatico; Marcos Bahia e Jaiminho (Thiago). Técnico: Tinho Damasceno.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.