21/11/2016 10:36:01 - Atualizado em 23/11/2016 09:21:20

Atletas de Rondônia voltam de João Pessoa com três ouros e um bronze

PORTO VELHO,RONDÔNIA- Alunos-atletas da rede pública estadual de ensino conquistaram nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), em de João Pessoa (PB), medalhas de ouro no judô feminino, no basquetebol e voleibol masculino; e medalhas de bronze no voleibol feminino. A competição juvenil (15 a 17 anos) reuniu na capital paraibana, de 10 a 19 de novembro, representantes de 22 estados brasileiros e atletas do Chile convidados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), organizador dos Jogos Escolares.

A primeira medalha foi na modalidade individual, que classificou a estudante judoca da Escola Estadual Clodoaldo Nunes, de Cacoal, Amanda Arrares, aos Jogos Sul-Americanos, que ocorrerão na Colômbia, em dezembro. “As lutas não foram fáceis, mas consegui a vitória. Nunca pensem em desistir. Estou muito feliz, muito realizada. Preparem a bandeira porque ano que vem vou subir no pódio de novo”, disse a atleta da categoria ligeiro (menos de 44 quilos), que lutou com Ana Pinto, do Pará.

Na modalidade coletiva, o primeiro ouro do Time Rondônia ficou para os meninos do basquete da Escola Estadual Barão de Solimões, de Porto Velho. “É uma conquista inédita para a escola e para Rondônia. Este resultado nos eleva para a segunda divisão dos Jogos Escolares”, disse o técnico Samuel Johnson, logo após o registro do placar AM 60X62 RO e agradecer a Deus pelo resultado.

Escola Maria Arlete de Vilhena também voltou com o no basquete

Escola Maria Arlete de Vilhena voltou com o ouro no vôlei

“Este ouro representa alegria, conquista, sobretudo o esforço de um trabalho sério e comprometido do professor Samuel com o esporte escolar que vem de muitos anos”, disse o armador Pedro Henrique.

“Nós mostramos que Samuel Johnson não morreu. Ele entende de basquete”, reforçou o capitão da equipe, André Ximenes.

De Vilhena, os alunos-atletas da Escola Estadual Maria Arlete suaram a camisa para derrotar a equipe do Maranhão no vôlei masculino. O jogo encerrou por “tie-break” com RO 3X2 MA subindo a equipe para a primeira divisão em 2017.

“Foi muito suado o jogo, mas estou muito feliz porque este é meu último ano nos Jogos Escolares. Ficam as lembranças para o resto da vida”, declarou o capitão da equipe, Rodrigo Campana, que joga na posição de central.

Também da escola Maria Arlete, o voleibol feminino conquistou a medalha de bronze na manhã de sábado e se mantém na terceira divisão dos JEJs. Elas venceram as anfitriãs paraibanas com o placar de RO 3X0 PB.

“Estou muito emocionada por ser meu último ano defendendo a bandeira de Rondônia no evento nacional. Mesmo sendo medalha de bronze, a gente lutou muito, treinou muito para estar aqui. E a gente conseguiu”, contou emocionada a atleta Eduarda.

Ainda no sábado, nas decisões de terceiro lugar, outra medalha de bronze escapou das mãos das meninas rondonienses nos dois segundos finais da partida de futsal contra as cearenses. O disputado jogo entre Rondônia e Ceará terminou em CE 3X2 RO, e as atletas da Escola Estadual Cândido Portinari retornaram para Rolim de Moura confiantes de que em 2017 a atuação delas será bem diferente nos Jogos Escolares da Juventude.

Os resultados dos JEJ podem ser conferidos em: https://www.cob.org.br/pt/Noticia/confira-os-resultados-dos-esportes-coletivos-nos-jogos-escolares-da-juventude

Meninas do vôlei da Maria Arlete de Vilhene trouxeram o bronze

Meninas do vôlei da Maria Arlete de Vilhena trouxeram o bronze

Os Jogos Escolares são o maior evento estudantil esportivo brasileiro e reúne alunos-atletas de escolas públicas e privadas em duas etapas: infantil (12 a 14 anos) e juvenil (15 a 17 anos) movimentando mais de dois milhões de estudantes de cerca de quatro mil cidades. O evento já é referência internacional, segundo o COB.

Neste ano as duas etapas foram realizadas em João Pessoa (PB), em setembro e novembro, respectivamente, nas modalidades individuais de atletismo, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, badminton, natação, tênis de mesa e xadrez. O Time Rondônia não teve participação apenas nas modalidades de badminton e luta olímpica. As competições coletivas ocorreram no basquete, futsal, handebol, vôlei e vôlei de praia.

O objetivo é a integração socioeducativo e cultural abrangendo diversas atividades extras, como plantio de árvores, coleta de lixo na praia, além de aproximar os jovens aos valores olímpicos e ao exemplo positivo da prática esportiva.

fonte: Rondonoticias

comentar

comments powered by Disqus

Ultimas Notícias