24/11/2016 09:24:20 - Atualizado em 24/11/2016 09:24:20

Rondônia acumula quatro ouros e um bronze na Paralimpíada Escolar

Hélio Duarte conquistou a primeira medalha de ouro para Rondônia no arremesso de pesoPORTO VELHO,RONDÔNIA- Os paratletas do atletismo e Judô do Time Rondônia iniciaram os Jogos Paralímpico Escolar nessa quarta-feira (23) em São Paulo com o pé direito. Na manhã do primeiro dia da competição, os rondonienses subiram ao pódio três vezes com medalha de ouro e uma vez com a de bronze.

Já o judoca Lucas Eduardo Martins de Jesus, categoria até 90 quilos, conquistou o ouro no fim da tarde. A competição segue até esta sexta-feira (25) no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro (CTPB), na capital paulista, reunindo 1.300 paratletas de 25 estados brasileiros.

O primeiro ouro é do arremessador de peso, Hélio Duarte dos Santos Filho, que em 2015 também medalhou no Paralímpico Escolar, em Natal (RN). Adriana Camila Gonzaga Chaves, da Escola Estadual Duque de Caxias, de Porto Velho, subiu ao pódio ao vencer por uma volta de vantagem a prova dos 1.500 metros.

“Dedico esse ouro à minha família, aos professores e a todos que me deram oportunidade de vir a São Paulo”, disse Adriana Camila, que na semana passada, na mesma pista, foi medalhista de bronze na prova de 400 metros válida pelo Circuito Caixa.

“Os excelentes resultados de Adriana já garantem a classificação dela para o Parapan-Americanos”, disse Edislaine Silva, membro da Federação Rondoniense Paralímpica de Esportes (Frope).

Com o número 245 grafado na camiseta, Wesley da Silva Piletti, da Escola Estadual Ulisses Guimarães, de Porto Velho, garantiu a terceira medalha de ouro no arremesso de pelota. Também no arremesso de pelota, o bronze ficou para Lucas Lima, da Apae, de São Francisco do Guaporé.

Wesley ganhou ouro no arremesso de pelota

Wesley ganhou ouro no arremesso de pelota

“Esses nossos primeiros resultados em São Paulo significam que o governo de Rondônia está no caminho certo em benefício do paradesporto”, avalia o chefe de delegação, professor Ítalo Aguiar, destacando que na edição de 2015 do Paralímpico Escolar o Time Rondônia voltou para casa com 19 medalhas, ampliando a visibilidade ao desporto escolar de Rondônia que vem sendo reestruturado desde 2012.

A fase nacional Paralímpica Escolar iniciou na noite de terça-feira com a cerimônia de abertura no auditório Celso Furtado, no Parque Anhembi, sob a organização do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

O Time Rondônia participa nas modalidades de judô, atletismo, natação, bocha e tênis de mesa com 26 paratletas de oito municípios. O estudante Lucas Eduardo Martins de Jesus, da Escola Estadual Cora Coralina, de Ariquemes, participa pela primeira vez dos jogos e também é uma das esperanças de pódio no atletismo.

A delegação rondoniense conta com paratletas com deficiências físicas (DF), deficiências intelectuais (DI), paralisia cerebral (PC), deficiente visual e auditivo. A maioria deles é DI. Assim como as demais delegações, o Time Rondônia se instalou em rede hoteleira na tarde da segunda-feira. Na terça, as atividades ficaram por conta dos Congressos Técnicos e cerimônia de abertura.

Todas as competições ocorrem pela primeira vez no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro (CTPB), legado deixado pelos Jogos Paralímpicos Rio 2016, na capital paulista, segundo o CPB. A Paralimpíada Escolar é o maior evento paradesportivo para atletas com idade escolar de 12 a 17 anos no mundo, segundo o CPB.

Confira os horários de competição das modalidades:

ModalidadeDiasHorários
Atletismoquarta a sexta8h às 12h
Nataçãoquarta a sexta13h às 18h
Tênis de Mesaquarta e quinta8h às 18h
Tênis de MesaSexta8h às 12h
Bochaquarta a sexta8h às 18h
Judôquarta e quinta13h às 18h
JudôSexta8h às 12h
Tênisquarta a sexta8h às 18h
Goalballquarta a sexta8h às 18h
Futebol de 7quarta a sexta8h às 18h

comentar

comments powered by Disqus

Ultimas Notícias