RONDONOTICIAS domingo, 24 de março de 2019 - Criado em 11/10/2001

Raquel Pacheco, conhecida como Bruna Surfistinha, é acusada de golpe

Segundo Leo Dias, ela desapareceu após fechar parceria comercial


Notícias ao Minuto

11/01/2019 14:01:53 - Atualizado


A  ex-prostituta, escritora e DJ Raquel Pacheco, conhecida como Bruna Surfistinha, está sendo acusada de golpe por seus seguidores no Instagram.

Segundo o colunista Leo Dias, um casal de internautas denunciou que Raquel fez um apelo nas redes sociais em busca de sócios para abrir franquias de sua rede de sex shop.


A fonte do colunista declarou: "Era R$ 2.500 a parte da sociedade e R$ 100 para comprar a cota de franquias. Eu recebi dois contratos e receberia também uma porcentagem pela venda dos produtos e o lucro da minha franquia, pelo que eu divulgasse. Inclusive eu montaria um sex shop virtual meu com a marca Bruna Surfistinha. Eu tinha acertado isso com ela e tenho tudo documentado. Ela me mandou o contrato, pediu para eu assinar e devolver para ela, e depois fazer o acerto. Eu fiz o acerto e depois disso ela sumiu. Quis fechar essa proposta inicial porque ela me ofereceu uma outra parte da sociedade que custaria em torno de 25 mil".



Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.