RONDONOTICIAS sábado, 24 de agosto de 2019 - Criado em 11/10/2001

"Eu quero uma casa no campo"... Morre Tavito, aos 71 anos

Músico descoberto por Vinicius de Moraes foi parceiro de Zé Rodrix, fundou a banda Som Imaginário e fazia shows com Milton Nascimento


Zero Hora

26/02/2019 13:56:03 - Atualizado

O compositor Luís Otávio de Melo Carvalho, conhecido como Tavito, morreu nesta terça-feira (26) aos 71 anos. De acordo com o G1, ele estava internado no Hospital Sancta Maggiore, em São Paulo, em tratamento contra um câncer de pescoço.

Tavito teve uma trajetória reconhecida na música. Nascido em 1948 em Belo Horizonte, Minas Gerais, começou a tocar violão aos 13 anos. Aos 17, conheceu o compositor Vinicius de Moraes, que o convidou para se apresentar. A oportunidade fez com que ficasse próximo de outro grande nome da música, o violonista Baden Powell, que também foi parceiro de Vinicius.

Ao mudar-se para o Rio em 1968, Tavito conheceu seu maior parceiro musical: o compositor Zé Rodrix. Eles formaram a banda de rock progressivo Som Imaginário, que abria shows do cantor Milton Nascimento.

Foi com Zé Rodrix que Tavito compôs uma das canções mais marcantes do repertório da música brasileira, Casa no Campo (1972), imortalizada na voz de Elis Regina. Ao site Museu da Pessoa, Tavito destacou a importância da música para sua carreira. "Eu não me levava muito a sério como compositor, não. Eu era mais instrumentista. Hoje que eu sou muito mais compositor que instrumentista", disse.

Com Aldir Blanc, compôs a música Coração Verde e Amarelo, que virou jingle da Copa do Mundo de 1994. Também compôs Rua Ramalhete com Ney Azambuja.

                                                                                                                                                    


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.