RONDONOTICIAS segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 - Criado em 11/10/2001

Encontrada Aeronave que estava desaparecida; pilotos estão feridos, mas vivos

Segundo informações, eles abandonaram o avião e caminharam até o topo de uma serra.


04/12/2018 20:04:42 - Atualizado

PIMENTA BUENO RO - O piloto John Cleiton Venera e co-piloto Marcelo Balestrin que estavam desaparecidos, desde a última sexta-feira (30), foram encontrados na tarde desta terça-feira (4), em uma região de mata, próximo à Serra do Mangaval, em Cáceres, a 220 km de Cuiabá.

De acordo com as equipes de resgate, os dois estão feridos, mas conscientes. Eles foram encaminhados para o pronto-socorro da capital cuiabana.

Familiares estão acompanhando os pilotos desde a chegada deles no aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

Decolagem

A Aeronave, de prefixo PT-ICN, decolou  do município de Pimenta Bueno/RO com destino ao aeroporto de Várzea Grande, em Mato Grosso. As informações iniciais davam conta de que o destino seria Santo Antônio do Leverger. O monomotor teria decolado às 5h30 e perdeu contato com a torre de controle quando estava a cerca de 150 quilômetros do destino.

ENTENDA O QUE HOUVE:

De acordo com informações apuradas, o avião sofreu uma pane mecânica e caiu na região de Cáceres (MT). Equipes do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e a FAB participaram das buscas. A dupla sofreu fraturas, mas sem gravidade, de acordo com relatos preliminares de familiares.
O avião é um Cessna 182P, monomotor, fabricado em 1972, avaliado em cerca de R$ 350 mil, e que pertenceria a Wilson Cheris Vera.

Aeronave irregular

O certificado de aeronavegabilidade está cancelado, ou seja, os pilotos estariam voando irregularmente. Um dos pilotos é funcionário da empresa Cairu, com Sede em Pimenta Bueno. 


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.