RONDONOTICIAS terça-feira, 26 de março de 2019 - Criado em 11/10/2001

Cheia do Madeira invade ruas e Semtran interdita trânsito na capital

Feira do Cai N’Água deve mudar de lugar.


Rondonoticias

22/02/2019 08:23:43 - Atualizado

PORTO VELHO, RO - Devido o aumento do nível do Rio Madeira, que na tarde dessa quinta (21), já marcava a cota de 16,63, foi interditado por tempo indeterminado pela Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran), o acesso a Rua Jaci-Paraná, nas proximidades da Avenida Rogério Weber. Segundo informações, um canal próximo dali transbordou, e isso fez com que a água invadisse a via.

De acordo com a diretora de tráfego da Semtran, Adriana Felício, muitos lugares na cidade estão correndo risco de ficarem inundados por causa da elevação do rio. “Por conta disso, nossa equipe irá realizar uma vistoria por toda a extensão da margem do rio para verificar os lugares mais urgentes. Caso necessite, também iremos fechar esses perímetros”, disse a diretora. 

A diretora pede a compreensão da população para não passar no local para evitar acidentes. “Nós interditamos o local justamente para evitar o tráfego de veículos e passagem de pedestres, mas sabemos que algumas pessoas ainda insistem em passar onde está alagado. Pedimos a colaboração da população para evitar que algum tipo de acidente aconteça”, alertou Adriana Felício. 

Pontos alagados 

Na Rua Alexandre Guimarães, Bairro Baixa União, a água começou a invadir a rua e deixou uma residência ilhada. Para entrar ou sair de casa, o morador precisou improvisar uma ponte de madeira.

Em outro ponto, na Avenida Euclides da Cunha, também no Bairro Baixa União, a água já começou a invadir a rua e a frente de algumas residências. 

A feira do produtor rural localizada na Avenida Rogério Weber com Jaci-Paraná, também começou a ser invadida pela água que vem do canal. A feira do Cai N’Água, que ocorre aos domingos, deve ser mudada de local. 

A Rua Beira Rio, no Bairro Cai N’Água, continua sendo invadida pela água. Os serviços de embarque e desembarque de mercadorias naquela região teve que ser feito em outro ponto às margens do rio.

Leia mais: Águas do Rio Madeira começam a invadir região central de Porto Velho

Rios de Rondônia estão no limite das grandes enchentes

Defesa Civil planeja redução de impactos da cheia do Rio Madeira

Defesa Civil intensifica monitoramento nas áreas de risco

Defesa Civil participa de encontro anual sobre Boletim Hidrológico

Nível do Rio Madeira oscila e Defesa Civil descarta estado de alerta


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.