RONDONOTICIAS terça-feira, 26 de março de 2019 - Criado em 11/10/2001

Trabalhadores entram em greve de novo por tempo indeterminado


Rondonoticias

15/03/2019 15:32:01 - Atualizado

Fotos: Rayane Cavalcante / Rondonoticias

PORTO VELHO RO - Os trabalhadores do Transporte Coletivo de Porto Velho voltaram a paralisar as atividades na tarde desta sexta-feira (15). As primeiras informações são de que a greve é por tempo indeterminado e o motivo, o mesmo que vem se arrastando há algum tempo sem solução: a falta de pagamento dos empregados do setor. 

Uma fila de ônibus do Consórcio SIM tomou conta da avenida 7 de Setembro neste momento, uma das principais da capital. Os passageiros foram obrigados a descer debaixo de chuva, e os funcionários pararam as atividades. 

De acordo com a cobradora Graciele Costa, logo após a volta da greve que ocorreu recentemente a empresa está pagando parcelado alguns funcionários  e muitos deles estão sem receber nada. 

"É uma situação complicada, a empresa todo dia diz que vai pagar e não paga, não tem condição de ficar trabalhando sem receber, temos que nos alimentar, alimentar nossos filhos ... essa paralisação está acontecendo por conta da falta de compromisso da empresa com a gente", afirma a funcionária.

O secretário da  SEMTRAN - Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes, coronel Nilton Gonçalves Kisner, informou ao Rondonoticias que um acordo entre o Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Estado de Rondônia (Sitetuperon) e o Consócio SIM foi feito, e grande parte dos pagamentos já foram repassados pelo município ao Sindicato.

Até o momento a redação do Rondonoticias não conseguiu entrar em contato com o Sitetuperon.

MATÉRIA EM ATUALIZAÇÃO ...

SAIBA MAIS: Trabalhadores encerram greve e ônibus voltam a circular

Funcionários do transporte coletivo na capital entram em greve nesta sexta

Depois de cinco horas de Audiência no TRT, greve chega ao fim

Trabalhadores do Transporte Coletivo de Porto Velho desafiam a Justiça e mantêm greve

TRT diz que greve no transporte público da capital é ilegal; multa fixada é de R$ 200 mil

Trabalhadores do Transporte Público da capital entram em greve nesta segunda-feira, 21

Prefeitura aciona Justiça para manter 70% dos ônibus circulando em Porto Velho

Consórcio SIM diz através de nota que vem sendo prejudicado por falta de ações da Prefeitura


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.