RONDONOTICIAS domingo, 18 de agosto de 2019 - Criado em 11/10/2001

Começa nesta quarta a maior Feira de agronegócio da Região Norte

Evento projeta a economia em Ji-Paraná e região. No município, não existem mais vagas em hotéis de luxo, pensões, pousadas e até motéis


Da Redação / Rondonoticias

20/05/2019 09:49:32 - Atualizado

JI-PARANÁ RO - Representantes de 10 delegações estrangeiras e de outras partes do Brasil começam a chegar em Ji-Paraná a partir desta segunda-feira (20), na região central do estado, com o objetivo de prestigiar a 8ª Rondônia Rural Show e 2ª RondoLeite, que iniciam nessa quarta-feira (22) e prossegue até o sábado (dia 25) no Centro Tecnológico Vandeci Rack.

No evento, os visitantes terão a oportunidade de conhecer a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) rondoniense que segundo o Governo do Estado, em dez anos cresceu 98,52%, saltando em 2009 de R$ 20,3 bilhões para 40,3 bilhões, em 2018. 

O valor Bruto da Produção no estado em 2019 está projetado para R$ 9,5 bilhões, sendo que a pecuária participa com R$ 6,4 bilhões, assim como as lavouras, soja, milho, café, leite, peixe e outros produtos oriundos do campo engrossam a fatia do bolo com R$ 3,1 bilhões.

Números apresentados pela coordenação de Desenvolvimento Agropecuário da Secretaria de Agricultura (Seagri) apontam que Rondônia está entre os 9 estados que mais cresceram nos últimos dez anos, encontrando-se na 9ª posição no ranking nacional. Isso envolve a força de trabalho, o tamanho de mercado e a taxa de crescimento impulsionado pelo agronegócio.

Economia

Em Ji-Paraná, Sede do maior evento de agronegócio da Região Norte, não existem mais vagas nos hotéis de luxo, pensões, pousadas, e até motéis. A maioria deles estão com seus aposentos temporariamente alugados para os visitantes do evento.

A alternativa conforme os organizadores, tem sido os alojamentos nos municípios vizinhos, como Presidente Médici e Ouro Preto do Oeste, por valores inflacionados. Vendedores de espetinhos, cachorro quente, donos de pequenos e médios restaurantes estão faturando alto, pois existe cliente para todo o tipo de comércio desde os empresários abastados aos prestadores de serviços braçais. O evento tem movimentado a economia local e já vem gerando lucros antes mesmo de iniciar.

Dois exemplos: o gerente de uma das maiores churrascarias de Ji-Paraná, Pedro Locatelli, informa que o movimento aumentou 100% nos últimos dias, passando de 120 para mais de 300 clientes por almoço. O administrador de uma das maiores redes de supermercados na cidade relata que nos últimos 25 dias aumentou as vendas principalmente de gêneros alimentícios, em 12%.

Infraestrutura

Em parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER), os dois acessos e vias internas do Centro Tecnológico já estão em plenas condições de trafegabilidade de acordo com os organizadores. “Nas vésperas da feira as ruas internas receberão pó de brita”, anuncia o coordenador geral José Paulo Gonçalves.

A estrutura do Centro Tecnológico também já conta com ruas energizadas capaz de atender todos os expositores. além de rede de água encanada e em expansão para os estandes.

“Também já está em fase de conclusão, a instalação a rede de fibra óptica que vai proporcionar aos visitantes rede de internet gratuita”, afirma José Paulo, acrescentando que 14 roteadores em pontos estratégicos estão sendo testados no local.

A expectativa dos organizadores é de movimentar R$ 700 milhões em negócios nos 469 módulos de expositores. Em 2018, a movimentação financeira chegou a R$ 533 milhões, segundo dados da Secretaria de Estado de Agricultura (Seagri), realizadora do evento, que contabiliza R$ 3,3 bilhões em negócios nas sete edições realizadas. 

Pelo menos cem mil pessoas devem visitar o evento durante os quatro dias de Feira.

2ª Rondoleite

Simultaneamente à 8ª Rondônia Rural Show acontece no Centro Tecnológico Vandeci Rack a segunda edição da RondoLeite, evento da cadeia produtiva do leite em Rondônia.

O evento consiste em apresentar as evoluções do setor e as novas tecnologias para o melhoramento e aumento da produtividade. “As palestras e áudios-visuais, no auditório 3, abordarão desde administração de pequenas propriedades rurais até a qualidade do leite envolvendo toda a cadeia produtiva”, adianta José Paulo Gonçalves, acrescentando que haverá outros atrativos, como exposições de animais e demonstração de mini-ensiladeiras.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.