19/05/2017 10:05:31 - Atualizado em 19/05/2017 15:51:49

​CRIME DE RACISMO NA DELEGACIA: Escrivã de polícia ofende médico e vai em cana

Porto Velho, Rondônia: A Polícia registrou um crime de racismo contra um médico, nessa quinta-feira, 18, na própria Delegacia Especializada de Acidentes de Trânsito na capital.

De acordo com a ocorrência, um médico de 40 anos, se envolveu em um acidente e foi até a Delegacia fazer os registros de praxe.

Diz o boletim que ele fez um relatório de próprio punho do ocorrido e ao se dirigir a uma servidora, de 58 anos, para obtenção de uma cópia impressa, esta lhe perguntou o número da ocorrência. A vítima não compreendeu o pedido e a suspeita teria lhe dito: "Além de preto não sabe ler".

Sentindo-se ofendido com a agressão, o médico a alertou que tivesse cuidado com as palavras e com as brincadeiras.

Consta ainda no registro, que o profissional da medicina ainda teria esperado um pedido formal de desculpas no gabinete da corregedoria. Mas não veio.

Diante dos fatos, o médico procurou o delegado de plantão e contou o ocorrido e disse que tinha duas testemunhas que presenciaram os fatos.

O delegado então, deu voz de prisão à servidora e a encaminhou para a Central de Flagrantes, onde foi autuada na forma da lei.

fonte: Rondonoticias

comentar

comments powered by Disqus

Ultimas Notícias