RONDONOTICIAS terça-feira, 25 de fevereiro de 2020 - Criado em 11/10/2001

Porto Velho é o primeiro na fila para produção de ônibus escolares rurais

São 147 ônibus e R$ 36 milhões de investimento em veículos adaptados para área rural de Porto Velho


Comdecom

21/01/2020 09:18:27 - Atualizado

PORTO VELHO RO - O prefeito Hildon Chaves se reuniu nesta segunda-feira (20) com a Comissão do Fórum de Políticas Públicas do distrito de Nova Califórnia para discutir questões relacionadas ao transporte escolar e o funcionamento do ano letivo de 2020.

O resultado foi muito positivo. “O Fórum busca a franqueza junto ao poder público e isso nós tivemos. Saímos daqui com total condições de repassar as informações à comunidade e assim saber como vai começar o ano letivo dos alunos da zona rural no prazo como a gente queria saber”, explicou Nemézio Soares Ferreira, presidente do Fórum.

O secretário municipal de Educação, Márcio Félix, disse que já foi assinado contrato da compra dos ônibus destinados ao transporte escolar rural. “São 147 ônibus e R$ 36 milhões de investimento em veículos adaptados para área rural de Porto Velho, com conforto e segurança dos alunos. Nós estamos fazendo todos os trâmites, questões administrativas, deixando tudo pronto para que quando os ônibus chegarem possamos colocar pra rodar. A previsão de chegada de 57 ônibus em fevereiro e o restante no mês de março”, explicou.

O prefeito explicou a importância em discutir com a Comissão sobre a aquisição dos ônibus escolares. “Nós recebemos aqui a Comissão para falar sobre a aquisição desses transportes para os alunos da zona rural. Somos o primeiro município do Brasil a aderir a Ata do FNDE 2019 e assinamos o primeiro contrato do Brasil para a compra desses ônibus, que estão em produção e a expectativa é de que, como o ano letivo começa em abril, há possibilidade de que quase todos os ônibus já estejam aqui já no início das aulas. Estamos trabalhando para que todos cheguem no prazo. Nós somos o primeiro lugar na fila da produção desses ônibus”.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.