RONDONOTICIAS segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020 - Criado em 11/10/2001

Tributo ao Professor Damásio de Jesus, a advocacia está de luto


Vasco Vasconcelos

13/02/2020 17:11:55 - Atualizado


Com pesar tomei conhecimento dia 13.02.2020, do passamento do grande mestre de direito penal, renomado professor Damásio de Jesus.

A advocacia brasileira está de luto. Ele foi um grande causídico de reconhecimento internacional, de largo saber jurídico, criou novos parâmetros para a atuação na Justiça Criminal, portador de cultura inexcedível, e de um conjunto de caracteres invejáveis, que honrou a advocacia como ninguém.

A propósito, sua militância profissional e em defesa das instituições, do ensino jurídico, constituem indubitavelmente, um grande capítulo relevante da formação do Estado Democrático do Direito em nosso país.

Ele não precisou submeter à escravidão moderna, à excrescência do fraudulento, famigerado caça-níqueis exame da OAB,uma chaga social que envergonha o país dos desempregados,  para se tornar famoso.

Isso significa dizer que um grande professor e jurista, se faz ao longo de duras lides forenses e não ser obrigado a decorar cerca de 181 mil leis.

Trata-se de uma perda irreparável para advocacia e merece ser galardoado “in-memorian” pelo Presidente República Jair Bolsonaro, com a mais alta comenda deste país, com a Ordem Nacional do Mérito (Brasil), pelos relevantes serviços prestados ao país.

Que multipliquem homens épicos, homéricos, probos, portadores dos caracteres invejáveis, como o Professor Damásio de Jesus, para que os órgãos entidades e instituições possam encontrar remédios, complementos e suplementos, capazes de encurtar os caminhos entre o desejável e o alcançável. Descanse em paz Professor Damásio de Jesus, vai ser muito difícil substituir a dignidade que o Senhor tão bem emprestou à advocacia brasileira Que o seu legado seja motivo de ânimo e júbilo para a advocacia e para a Justiça.

Vasco Vasconcelos, escritor, jurista e abolicionista contemporâneo Brasília-DF

Vasco.vasconcelos@brturbo.com.br


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.