RONDONOTICIAS sábado, 11 de julho de 2020 - Criado em 11/10/2001

Prefeitura reforça fiscalização quanto ao uso de máscara em Porto Velho

Empresas que desrespeitarem o decreto, além de multadas em R$ 1 mil poderão ser interditadas


Condecom

Publicada em: 02/06/2020 12:27:00 - Atualizado


PORTO VELHO, RO - A partir desta semana a Prefeitura de Porto Velho está intensificando a fiscalização quanto ao cumprimento da lei que obriga o uso de máscaras por todas as pessoas no interior dos comércios e em locais públicos, como medida de enfrentamento que visa conter o avanço do novo coronavírus (Covid-19).

O trabalho que está sob a responsabilidade da Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb) foi determinado pelo prefeito Hildon Chaves e reúne equipes de fiscalização de obras, meio ambiente, transportes e trânsito, Defesa Civil e Departamento de Posturas do Município.

Uma reunião nesse sentido aconteceu na manhã de segunda-feira (1º), no auditório do prédio do relógio (sede da Prefeitura), com objetivo de ajustar as ações a serem realizadas em conjunto, dando continuidade às ações iniciadas na semana passada, atendendo à legislação e ao decreto do prefeito que regulamenta a lei.

“A partir de hoje, todo cidadão que for pego sem máscara será autuado em R$ 80. E aquelas lojas, comércios em geral que não tiverem o aviso de obrigatoriedade, permitindo que algum cliente entre sem o devido uso da máscara será multado no valor de R$ 1 mil”, enfatizou o subsecretário Rainey Viana (Semusb).

Não autorizadas

Na mira da fiscalização também estão as empresas não autorizadas a funcionar na atual fase do decreto governamental. “Esses comércios serão interditados de imediato. Será dado prazo de 30 minutos para encerrarem as atividades, caso haja resistência, serão interditados imediatamente”, pontuou Viana.

O subsecretário acrescenta que essa fiscalização será realizada em todos os centros comerciais das zonas Sul, Leste, Norte e região central. “Serão fiscalizações conjuntas e a equipe de Posturas fará as interdições, caso seja necessário”, disse.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br