RONDONOTICIAS quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021 - Criado em 11/10/2001

Ministério Público de Rondônia destina mais de 22 mil quilos de material reciclável em três anos

O material é recolhido diariamente por funcionários terceirizados do serviço de limpeza


Publicada em: 14/01/2021 17:13:13 - Atualizado


GERAL - O Ministério Público do Estado de Rondônia destinou à reciclagem, em três anos de execução da Coleta Seletiva de resíduos sólidos, no edifício-sede da Instituição, em Porto Velho, mais de 22 mil quilos de material reciclável, sendo 18 mil quilos de papel e mais de 4 mil de plástico.

O material é recolhido diariamente por funcionários terceirizados do serviço de limpeza, e devidamente armazenado em uma sala destinada exclusivamente para a guarda de lixo, até o recolhimento feito pela Prefeitura Municipal, uma vez por semana. A pesagem do material recolhido é feita com mão de obra de reeducandos, sob a supervisão da Seção de Serviços Gerais (Seseg).

De acordo com informações da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma), a empresa Marquise Ambiental, contratada pelo Município para o serviço de coleta de lixo urbano, é a responsável pela coleta e correta destinação do material reciclável.

Todo o material reciclável é destinado à Cooperativa de Materiais Recicláveis Catanorte de Porto Velho. Devido à Pandemia do Coronavírus (COVID-19), a destinação à cooperativa está temporariamente suspensa, segundo a Semma e a própria Catanorte.

Considerando os preços praticados pela Catanorte, a quantidade de lixo reciclável produzido no edifício-sede do MPRO, nos últimos 3 anos, pode gerar uma receita de mais de R$ 10 mil aos cooperados.

A correta destinação dos resíduos sólidos gerados no âmbito do Ministério Público, com a promoção de ações de coleta seletiva, está dentro do contexo do Plano Diretor de Gestão de Sustentabilidade, elaborado no fim do ano passado pelo Comitê Gestor de Sustentabilidade do MPRO, envolvendo a participação de diversos órgãos da Instituição.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br