RONDONOTICIAS terça-feira, 23 de outubro de 2018 - Criado em 11/10/2001

“Abraço” se consolida como referência em projeto de combate à violência doméstica


Rondonoticias

14/02/2018 15:04:54 - Atualizado

PORTO VELHO,RONDÔNIA- O ano de 2018 começa cheio de atividades para o Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. Na sexta-feira passada, dia 9, uma equipe da Defensoria Pública de Rondônia esteve no Núcleo Psicossocial para conhecer melhor os pormenores do projeto que é considerado referência na área.

Trata-se do Núcleo Maria da Penha do órgão, que aproveitou também para apresentar aos profissionais do Judiciário sua linha de atuação.

A assessora jurídica Shase Costa, a psicóloga Sarah Nachiro, a assistente social Jailena Cabral e os estagiários Afonso Rodrigues e Renan Gomes foram recebidos pelos psicólogos e assistentes sociais do Judiciário que atuam diretamente com os homens agressores e mulheres vítimas. O projeto Abraço propõe terapia obrigatória aos condenados com processo no Juizado, uma iniciativa que tem promovido, de fato, a paz em casa, pois ao frequentar as reuniões, homens e mulheres entendem melhor os motivos que levam à violência doméstica, conseguindo assim evitar a reincidência.

Turmas lotadas

Os grupos terapêuticos iniciaram suas atividades em 2018 com turmas lotadas, média de 60 homens por turmas, um reflexo das audiências concentradas ocorridas em novembro na Semana da Paz em Casa, iniciativa do Judiciário para conscientizar a sociedade contra a violência doméstica. Os processos julgados durante a ação resultaram em condenações alternativas que promovem a mudança de atitude dos agressores para com suas companheiras.

Na semana passada, foi preciso mudar de sala para atender a todos. As reuniões do Abraço agora acontecem no auditório do Fórum Sandra Nascimento.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.