RONDONOTICIAS sexta-feira, 20 de setembro de 2019 - Criado em 11/10/2001

Tudo Aqui realiza mais de 200 mil atendimentos


Assessoria

12/06/2019 16:07:07 - Atualizado



PORTO VELHO, RO - Com um sorriso no rosto e os documentos em mãos, foi assim que Lenice Pereira comemorou o atendimento recebido na unidade do Tudo Aqui, localizada na Avenida 7 de setembro.

Não é a primeira vez que a artesã utiliza o serviço e diz sempre ter sido bem atendida. “Se não tivesse isso aqui (Tudo Aqui) a gente teria que ficar indo em um monte de lugares. Só hoje eu já resolvi quatro problemas, sem precisa sair daqui”, comemorou a artesã.

O serviço de emissão de documentos se destaca por ser o mais procurado pelos usuários. Assim como atendimentos na Defensoria Pública, no Departamento Estadual de Trânsito (Detran), entre outros serviços. O Tudo Aqui de Rondônia conta, hoje, com quatro unidades, duas em Porto Velho (Av. 7 de Setembro e Porto Velho Shopping), uma em Ji-Paraná e outra em Rolim de Moura, que oferecem serviços de mais de 20 instituições, entre eles os Correios, Defensoria Pública, Detran, Ministério Público, Sine, Procon, TRE, Sefin, Sebrae, entre outros, além de contar com uma equipe com mais de 120 servidores.

Sandra Maria Correia Leite também veio emitir os documentos pessoais. Segundo ela, ter tudo em um só lugar gera economia de tempo.

“Aqui é ótimo, facilita muito a nossa vida. Eu prefiro vir ao Tudo Aqui do que ir a cada órgão, já que encontro aqui tudo que eu preciso”, destacou Sandra.

O resultado positivo, segundo a coordenadora estadual do Tudo Aqui, Nízia Izabela Valadares, se dá após a adoção de uma série de medidas do governo coronel Marcos Rocha que dão mais fluidez e rapidez ao serviço.

Diariamente cerca de mil pessoas procuram o órgão

“Só nos quatro primeiros meses do ano o Tudo Aqui em Porto Velho realizou 100.498 atendimentos. A nossa prioridade é prestar serviço com qualidade e em menos tempo. Começando pela recepção da população”, afirmou a coordenadora, acrescentando que a tendência é que este número aumente a partir de agora com a mudança do Sistema Estadual de Emprego (Sine) para o Tudo Aqui. “Antes o Sine atendia na rua Paulo Leal”, lembrou.

Por dia, só a unidade da Av. 7 de Setembro, chega a receber quase mil pessoas no local. A modernização do serviço e da estrutura também fazem parte das prioridades do governo. A Secretaria Estadual de Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), que cuida do Tudo Aqui, se preocupou com as pessoas com deficiência, oferecendo atendimento em libras, atendimentos a cadeirantes, acessibilidade em banheiros e demais serviços.

No primeiro quadrimestre do ano foram realizados na unidade de Ji-Paraná 58.956 atendimentos, enquanto em Rolim de Moura foram 45.737. Na capital foram 89.838 na sede e 10.660 na unidade do shopping.

AGENDAMENTO ONLINE 

O investimento em tecnologia também beneficiou a população. Já que, de forma online, o usuário consegue ter acesso a todos os serviços disponibilizados, além de tirar dúvidas, saber qual a documentação necessária e, ainda, agendar horário de atendimento sem precisar sair de casa. O usuário precisa apenas entrar no site do órgão e fazer um pré-cadastro para acessar ao serviço.

Unidade localizada na avenida sete de setembro em Porto Velho

Segundo a coordenadora, outra medida adotada é a economicidade, com a redução de gastos. “Nós já substituímos os copos plásticos, reduzimos os gastos de energia, além de aderirmos ao trabalho de reeducandos. Nós oportunizamos e trabalhamos com eles a reinserção ao mercado de trabalho. São medidas que, somadas, fazem grande diferença e melhoram o serviço”.

As regiões precárias e de difícil acesso também têm prioridade. O Tudo Aqui conta com equipes móveis que vão a todos os cantos do estado prestando o serviço em prol daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

“Nós estamos atendendo desde ontem (terça-feira) até o dia 21 deste mês à região do baixo madeira, com a emissão de documentos, serviços na área da justiça entre outros. É o órgão mais perto do cidadão”, finalizou a coordenadora.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.