RONDONOTICIAS segunda-feira, 6 de julho de 2020 - Criado em 11/10/2001

Morre em Guajará-Mirim o radialista e Jornalista Ricardo Vilhegas

Morreu neste domingo em Guajará-Mirim, 28, o radialista Ricardo Vilhegas, conhecido popularmente como “o olho vivo”...


O Mamoré

Publicada em: 28/06/2020 13:05:28 - Atualizado

Guajará Mirim - RO- Figura muito querida em Guajará-Mirim, há duas semanas atrás ele deu entrada no Hospital Regional Perpétuo Socorro, quando caiu e ficou lesionado, onde ali permaneceu internado. Pegou alta, posteriormente foi internado no Pró-Saúde, Hospital Bom Pastor, recebeu alta na sexta-feira, 26. 

Segundo relatos de familiares a reportagem do jornal e site O Mamoré, Vilhegas (direita na foto) se sentiu mal no sábado, 27, e foi agravando durante a madrugada, sendo levado pelos seus filhos para o Hospital Regional por volta de 9h de domingo, quando veio a óbito aos 71 anos.

Trajetória de Vilhegas

O inestimável colega de profissão, deixa uma enorme lacuna, nos últimos tempos Vilhegas estava com uma página no Facebook com o programa Alerta Geral, o programa era ao vivo. Passou duas semanas sem apresentar o programa, retornando na segunda-feira, 22, quando novamente foi internado e na sexta-feira recebeu alta. Seus filhos e neto, juntamente com o radialista Abrahim Chamma o programa seguia ao ar.

Ricardo Vilhegas iniciou com o programa de rádio na AM Educadora, com o programa Chamada Geral. Dali segui anos apresentando de segunda a sexta-feira, no horário almoço, despontava em audiência. Recebeu para mais de 40 homenagens durante seu período, quando deixou a Educadora para ocupar um horário na rádio Rondônia FM com o programa Alerta Geral de 13h as 14h, de segunda a sábado. 

Após não conseguir renovar o contrato com a emissora de rádio, retornou para a rádio Educadora com novo horário de 16h às 17h, de segunda a sexta-feira. Após mudanças na programação da rádio, no final de 2013 descobriu que sofria de cirrose hepática. Enquanto isso os programas locais da rádio foram mudados ficando sem programação local, Vilhegas deixou a emissora. 

Como vivia para a notícia, ele não parou, mesmo com os problemas de saúde se agravando, criou o programa na página do Facebook, sempre com o apoio de seus familiares e amigos.




MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br