RONDONOTICIAS terça-feira, 18 de dezembro de 2018 - Criado em 11/10/2001

1º julgamento via Hangouts de Rondônia condena acusado de duas mortes no trânsito


TJ/RO

11/10/2018 14:47:24 - Atualizado



Alto Alegre dos Parecis -
 A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, presidida pelo desembargador Miguel Monico, teve nesta quarta-feira (10), a primeira sustentação via internet, com a utilização do Hangouts, uma plataforma de mensagens instantâneas e chat de vídeo desenvolvido pelo Google.

Por esse meio, o advogado Belmiro Gonçalves de Castro, do Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores do Mato Grosso, fez a sustentação oral em defesa de Gilvan Sebastião de Moura em recurso de Apelação Cível, porém não conseguiu a absolvição do seu cliente.

Gilvan foi condenado pelo Juízo de 1ª grau a uma pena de 4 anos e 7 meses detenção sob a acusação de ser o causador em acidente de trânsito, das mortes de duas pessoas que trafegavam em uma moto. Ele foi condenado, também, a uma pena no valor de R$ 20 mil, por vítima, a ser destinadas às famílias de cada vítima.

A pena de detenção foi convertida em prestação de serviços à comunidade. Durante o julgamento, foi concedido parcialmente pedido apenas com relação ao redimensionamento da pena de detenção para 3 anos e 3 meses. O fato ocorreu no dia 4 de setembro de 2012, na linha P 44, Zona Rural de Alto Alegre dos Parecis.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.