RONDONOTICIAS sábado, 23 de março de 2019 - Criado em 11/10/2001

China suspende uso de modelo de avião que caiu

Acidente, neste fim de semana, causou a morte dos 157 ocupantes do Boeing 737 Max 8.


POR LUSA

11/03/2019 10:55:51 - Atualizado


China suspende uso de modelo de avião que caiu na Etiópia

MUNDOAs autoridades chinesas ordenaram hoje que todas as companhias aéreas do país deixem de usar temporariamente aviões Boeing 737 Max 8, após o acidente ocorrido na Etiópia, neste fim de semana, causando a morte dos 157 ocupantes.

A Administração da Aviação Civil da China esclareceu que a medida se deve a preocupações com a segurança.

Trata-se do segundo acidente com aquele modelo em cerca de dois meses.

O primeiro ocorreu ao largo da costa da Indonésia, em circunstâncias semelhantes, em 29 de dezembro, e resultou também na morte de todos os ocupantes.

A ordem irá prevalecer durante nove horas.

Outro aviso será emitido após consulta junto à Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos e à Boeing sobre as medidas de segurança tomadas.

Oito cidadãos chineses viajavam a bordo do avião que caiu no domingo, logo após a decolagem.

O avião partiu da capital etíope, Adis Abeba, e tinha como destino a capital do Quênia, Nairobi.

As causas do acidente ainda não são conhecidas.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.