RONDONOTICIAS domingo, 15 de setembro de 2019 - Criado em 11/10/2001

Lisboa vai ter uma rua em homenagem a vereadora Marielle Franco

Marielle Franco, vereadora no Rio de Janeiro e defensora dos direitos humanos, foi assassinada na noite de 14 de março de 2018


Notícias ao Minuto

26/07/2019 14:35:17 - Atualizado


A prefeitura de Lisboa aprovou, por unanimidade, uma proposta do partido BE para dar o nome da vereadora e ativista Marielle Franco, morta em 2018, a uma rua da capital portuguesa. Com a aprovação do documento, uma comissão irá "analisar e apreciar a proposta de homenagem a Marielle Franco, com a atribuição do respectivo nome ao espaço", afirmou o partido em comunicado.

Marielle Franco, vereadora no Rio de Janeiro pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), e defensora dos direitos humanos, foi assassinada na noite de 14 de março de 2018, quando fazia uma viagem de carro pelo centro do Rio de Janeiro, depois de participar de um ato político com mulheres negras.

Em 12 de março, a polícia brasileira prendeu dois ex-agentes da Polícia Militar no Rio de Janeiro suspeitos pelos homicídios da vereadora e do motorista Anderson Gomes.

A ativista "foi a quinta vereadora mais votada do Rio de Janeiro, nas eleições de 2016, com mais de 46 mil votos na sua primeira disputa eleitoral", destaca a nota do gabinete do vereador do BE, Manuel Grilo.

"Socióloga, feminista, militante dos direitos humanos e crítica da recente ocupação de vastas áreas urbanas pela intervenção militar do governo federal no Rio de Janeiro, Marielle Franco empenhou-se na luta pelos direitos humanos, especialmente em defesa dos direitos das mulheres negras e dos moradores de favelas e periferias, e na denúncia da violência policial", realça a mesma informação.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.