RONDONOTICIAS domingo, 15 de setembro de 2019 - Criado em 11/10/2001

Talibã diz que fim das negociações levará a maiores perdas americanas

O grupo está pedindo a retirada imediata de tropas dos Estados Unidos (EUA) do país da Ásia Central


Notícias ao Minuto

09/09/2019 15:35:26 - Atualizado


O Talibã afirma que a decisão de Washington de suspender negociações de paz com os militantes no Afeganistão vai resultar em aumento da perda de vidas americanas. O grupo está pedindo a retirada imediata de tropas dos Estados Unidos (EUA) do país da Ásia Central.

 Em comunicado divulgado nesse domingo (8), o Talibã critica a decisão inesperada do presidente Donald Trump de interromper as negociações e afirma que, assim, a “confiança internacional” nos Estados Unidos vai decair.

No Twitter, o chefe de Estado americano diz ter cancelado o encontro com líderes do grupo e o presidente afegão, depois que o Talibã assumiu a autoria do atentado com carro-bomba na quinta-feira (5) em Cabul. Morreram no ataque 12 pessoas, incluindo um soldado norte-americano.

O atentado foi executado alguns dias depois que negociadores dos dois lados chegaram a entendimento inicial sobre um pré-acordo de paz. Estava prevista a retirada de cerca de 5 mil militares americanos em troca de garantias de segurança para o Talibã.

O secretário americano Mike Pompeo confirmou nesse domingo que as negociações estão encerradas por enquanto.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.