RONDONOTICIAS quinta-feira, 19 de setembro de 2019 - Criado em 11/10/2001

Navio com 4 mil Kia e Hyundai vira nos Estados Unidos

Embarcação tinha como destino final o Oriente Médio. Logo após o acidente, 20 tripulantes, incluindo o capitão, foram resgatados


Estadão

11/09/2019 09:52:38 - Atualizado

Um navio com cerca de 4 mil carros novos tombou e pegou fogo na costa do Estado norte-americano da Georgia. O Golden Ray levava modelos da Kia e da Hyundai e tinha como destino final o Oriente Médio. Logo após o acidente, 20 tripulantes, incluindo o capitão, foram resgatados. Outros quatro sul-coreanos que ficaram presos na casa de máquinas foram retirados do navio ontem (10).

Seis sul coreanos, 13 filipinos e o comandante norte-americano foram resgatados logo após o acidente, de acordo com informações do ministro de relações exteriores da Coreia do Sul. O acidente ocorreu próximo à ilha de St. Simons, na Georgia.

As causas do tombamento do navio ainda não foram esclarecidas. A guarda costeira local continua trabalhando para estabilizar a embarcação.

O Golden Ray é um dos 60 navios da frota da Hyundai Glovis e tem capacidade para transportar 6.933 veículos. O cargueiro saiu da Coreia do Sul carregado de carros da Kia e Hyundai e tinha como destino final o Oriente Médio.

Antes, porém, deixaria parte da carga nos EUA. Após parar em Brunswick, na Geórgia, para descarregar, o Golden Ray partiu em direção a Baltmore, no Estado de Maryland, para fazer uma nova entrega, mas tombou antes.

Furacão passou por região

A costa da Georgia foi uma das regiões atingidas pelo furacão Dorian. A tempestade passou pela região ainda como furacão, antes de perder força e ser reclassificada como ciclone extratropical.

Por enquanto, o Golden Ray ainda não liberou nenhum poluente no mar, mas equipes de contenção estão à postos para controlar algum derramamento de óleo. O navio tem bandeira das Ilhas Marshall e seguia para Baltimore, no norte da costa leste dos Estados Unidos.

O incidente com o navio levou ao fechamento do porto de Brunswick, o mais próximo à posição da embarcação. O porto é um dos mais movimentados do país em trânsito de automóveis importados e exportados.

Navio com 4 mil carros vira e afunda nos EUA
Navio com 4 mil carros vira e afunda nos EUA
Navio com 4 mil carros vira e afunda nos EUA
Navio com 4 mil carros vira e afunda nos EUA
Navio com 4 mil carros vira e afunda nos EUA
Navio com 4 mil carros vira e afunda nos EUA
Navio com 4 mil carros vira e afunda nos EUA
Navio com 4 mil carros vira e afunda nos EUA

Navio com Audi e Porsche afundou em março

Em março, um navio que transportava carros importados da Audi e da Porshe para o Brasil naufragou no Golfo de Biscaia, na costa da França. A embarcação sofreu um incêndio a bordo na noite do dia 10 de março e, apesar dos esforços, não foi possível evitar o afundamento.

Segundo o Grupo Grimaldi, que operava o navio Grande America, o fogo começou em alguma carga transportada a bordo. Nenhum dos 26 tripulantes e o único passageiro se feriram no incidente. Todos foram resgatados pela marinha britânica e levados à cidade de Brest, na França.

O Grupo Grimaldi informou que estava cooperando com as autoridades francesas para evitar danos ambientais por causa de possíveis vazamentos de combustíveis e da carga que afundou.

Segundo informações da Audi à época, unidades de A3, A5, Q7, RS4 e RS5 estavam a bordo do Grande America. Havia também quatro unidades de uma série limitada do Porsche 911 GT2 RS.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.