RONDONOTICIAS sábado, 15 de dezembro de 2018 - Criado em 11/10/2001

Naufrágio no Mar Mediterrâneo mata 50 pessoas e deixa mais de 90 desaparecidos


R7

10/01/2018 08:44:07 - Atualizado

MUNDO- Ao menos 50 pessoas morreram e outras 90 estão desaparecidas após um naufrágio no Mar Mediterrâneo próximo à costa da Líbia nesta terça-feira (9). A informação sobre o incidente foi confirmada nesta quarta-feira (10) pelas autoridades do país.

De acordo com a Guarda Costeira da nação africana, 279 foram resgatadas com vida, incluindo 19 mulheres e 17 crianças.

Em nota, os militares líbios informaram que chegaram onde os imigrantes estavam por volta das 10h (hora local) "e, infelizmente, não conseguimos recuperar nem corpos nem sobreviventes na água", informou o comandante da entidade, Nasr al-Qamond.

Ele ainda informou que os imigrantes estavam em três botes, mas que em um deles, que estava quase todo submerso, apenas 16 pessoas sobreviveram.

Os resgatados foram enviados para a base naval de Trípoli e relataram que há entre "90 e 100 pessoas desaparecidas". As embarcações partiram da cidade de Khoms na segunda-feira (8).

"O fundo das embarcações estava completamente afundado e os sobreviventes ficaram agarrados na parte ainda inflada do bote até a chegada do resgate de Sabrata. Enquanto a patrulha estava salvando os imigrantes clandestinos nesta embarcação, chegou uma segunda e uma terceira notificação sobre outros barcos", informou ainda em nota a entidade.

O acidente ocorreu menos de 24 horas depois que a Guarda Costeira da Líbia, que após um acordo com a Itália é quem faz a patrulha na costa marítima da região, resgatou outras 135 pessoas em um barco que estava naufragando.

De acordo com os dados do início do ano, os números de mortos já estão na casa dos 200, caso os dados da tragédia de hoje sejam confirmados. No dia 6 de janeiro, outra embarcação naufragou ao norte da costa de Trípoli, matando ao menos 64 imigrantes.

No ano passado, de acordo com dados da OIM (Organização Internacional para as Migrações), 3.119 morreram ou desapareceram na travessia no Mar Mediterrâneo, sendo 2.834 mortes só na rota entre Líbia e Itália.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.