RONDONOTICIAS domingo, 11 de abril de 2021 - Criado em 11/10/2001

Menino de 9 anos morre ao proteger a mãe dos disparos de atirador

De acordo com Rafael, a família dele não tem ligações com o suspeito.


ig

Publicada em: 06/04/2021 10:59:04 - Atualizado

O menino de 9 anos, morto em um tiroteio em massa na Califórnia (EUA) no último dia 31, tentou proteger a mãe do ataque, contou o pai Rafael “Ralphie” Farias. Matthew Farias morreu nos braços da mãe, Blanca Tamayo, que ficou gravemente ferida. As informações são do USA Today.

“Meu anjo, ele salvou sua mãe de morrer. Ele levou as balas por ela”, disse Rafael. Tamayo foi a única sobrevivente do ataque ocorrido no local de trabalho dela, a corretora de casas móveis Unified Homes, em Orange. A polícia ainda não revelou o motivo do atentado.

De acordo com Rafael, a família dele não tem ligações com o suspeito. “Estou tão chocado. Nunca conheci essa pessoa ”, disse Farias ao USA Today, ao chamar o suspeito de “animal”.

“Pessoas inocentes não mereciam morrer. Estou aqui com minha dor … Ele foi meu único filho, minha vida”, lamentou. Os outros mortos foram identificados como o proprietário da Unified Homes, Luis Tovar, 50, sua filha Genevieve Raygoza, 28, e a funcionária de longa data Leticia Solis Guzman, de 58 anos.

O suspeito atirador Aminadab Gaxiola Gonzalez, de 44 anos, foi ferido em um confronto com a polícia. Ele enfrenta acusações de homicídio e tentativa de homicídio, com sua acusação suspensa porque ele permaneceu inconsciente e incapaz de falar desde o tiroteio.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br