RONDONOTICIAS domingo, 11 de abril de 2021 - Criado em 11/10/2001

EUA devem compartilhar vacinas com outros países no 2º semestre

Distribuição das doses excedentes deve começar entre junho e setembro, quando todos os americanos já estiverem vacinados


r7

Publicada em: 07/04/2021 10:24:18 - Atualizado

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou na terça-feira (6) esperar que o governo americano possa começar a compartilhar seu estoque de vacinas contra a covid-19 com outros países "antes do final do verão" (no hemisfério norte, entre junho e setembro), assim que garantir o suficiente para inocular toda a população doméstica.

"Minha esperança é que, antes do fim do verão, falarei com vocês que já temos acesso a mais vacinas do que precisamos para cuidar de cada americano e que vamos ajudar outros países, países pobres", disse Biden em um evento na Casa Branca.

O presidente americano ressaltou que quer dividir as doses excedentes com outros países porque, "até que essa vacina esteja disponível em todo o mundo e estejamos vencendo o vírus em outras nações, não estaremos completamente seguros."

A Casa Branca já fechou acordos com México e Canadá para enviar 4 milhões de doses da vacina de Oxford, cujo uso emergencial ainda não foi aprovado nos EUA.

No entanto, o governo americano ainda não respondeu publicamente aos pedidos de muitos outros países que solicitaram acesso ao estoque, já que os Estados Unidos adquiriram muito mais doses do que o necessário para imunizar toda a sua população adulta.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br