RONDONOTICIAS quarta-feira, 17 de outubro de 2018 - Criado em 11/10/2001

Prefeito de Jorge Teixeira é afastado por corrupção e tentativa de assassinato

Chefe do executivo é acusado de crimes de corrupção e envolvimento no assassinato do radialista Hamilton Alves de Jaru


Rondonoticias

12/10/2018 10:32:39 - Atualizado

Por determinação do Tribunal de Justiça do Estado (TJ), a Polícia Civil cumpriu, na manhã desta sexta-feira (12), Mandato de Afastamento da Função Pública por tempo indeterminado, por crime de corrupção e envolvimento no assassinato do radialista Hamilton Alves, o prefeito de governador Jorge Teixeira, João Alves Siqueira (João Paciência PDT).

Também por decisão da Justiça, a casa do prefeito foi alvo de busca e apreensão. De acordo com o Mandato, as suspeitas são de crimes de corrupção, envolvendo o Transporte Escolar do município, e de tentativa de homicídio do radialista de Jaru Hamilton Alves, alvejado com seis tiros em abril deste ano quando retornava de Ouro Preto do Oeste para o município onde residia pela BR 464.

João Paciência foi enquadrado na Operação “Abrindo o Jogo”, realizada pela Polícia Civil através da Delegacia de Homicídios de Ji-Paraná em parceria com as Unidades de Segurança Pública (Unisp´s) de Jaru, Mirante da Serra e Ouro Preto do Oeste e que leva o nome do Programa apresentado pelo radialista assassinado.

Em sua primeira fase, a Operação prendeu três vereadores, um empresário e servidores públicos e nesta sexta-feira, outros quatro mandatos de busca e apreensão foram cumpridos.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.