RONDONOTICIAS domingo, 24 de março de 2019 - Criado em 11/10/2001

17 pessoas acabam presas durante Operação da Lei Seca em Porto Velho


12/01/2019 10:50:23 - Atualizado

(Foto reprodução)

PORTO VELHO, RO - Durante a Operação Lei Seca realizada na madrugada deste sábado (12), dezessete pessoas acabaram presas por dirigirem embriagadas em Porto Velho.

Um motorista de 49 anos foi preso após constatação de 0,40 miligramas de álcool no sangue. Ele ainda tentou despistar os policiais ao avistar a blitz, mas não conseguiu. O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes. 

Um condutor de 36 anos também foi preso durante as abordagens após ser constatado que estava dirigindo um veículo Chevrolet Montana embriagado. O homem se recusou a realizar o teste, mas apresentava sinais de embriagues como olhos vermelhos, sonolência e forte odor de álcool. O motorista recebeu voz de prisão.

Ao ser presa dirigindo embriagada, a pessoa só será liberada após pagamento de fiança de pelo menos um salário mínimo. A multa administrativa para quem for flagrado é uma infração gravíssima, de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses, retenção do veículo até a apresentação de outro condutor habilitado. Em caso de reincidência em menos de 12 meses, o valor da multa dobra.

Com a alteração da lei nº 9.503, de 1997, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), há previsão de uma pena maior de prisão para os motoristas que causam acidentes graves ou fatais.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.