RONDONOTICIAS segunda-feira, 16 de setembro de 2019 - Criado em 11/10/2001

Acusados de matar jovem com chutes e pauladas são absolvidos

Crime aconteceu em março de 2016, na Zona Leste de Porto Velho. Júri formado por cinco homens de duas mulheres entendeu que trio não participou do crime.


G1

22/08/2019 13:52:13 - Atualizado



PORTO VELHO, RO - Três homens acusados pelo assassinato de um jovem de 19 anos com chutes e golpes de madeira foram inocentados pelo Tribunal do Júri na quarta-feira (21). Pedro Paulo Guimarães foi morto em março de 2016, em uma rua do bairro Igarapé, em Porto Velho.

Conforme a denúncia oferecida pelo Ministério Público (MP), Chrystian Marques de Araújo, Israel Silva Almeida e Leonardo da silva agiram juntos para matar Pedro com pedaços de ripas e chutes.

A sessão de julgamento aconteceu no Fórum Criminal de Porto Velho e foi até o meio da tarde desta quarta-feira.

O Conselho de Sentença, formado por cinco homens e duas mulheres, entendeu, por maioria, que Chrystian, Israel e Leonardo não participaram da morte de Pedro Paulo. Com isso, eles foram absolvidos da acusação de homicídio. O trio já estava solto, respondendo o processo em liberdade.

Crime

No dia 29 de março de 2016, o jovem Pedro Paulo Guimarães foi morto após ser agredido por quatro pessoas, no bairro Igarapé, Zona Leste da capital. Conforme o registro policial da época, o jovem havia agredido um rapaz momentos antes de ser morto.

Segundo a ocorrência, a vítima estava com mais quatro pessoas quando agrediu um rapaz com um pedaço de madeira. Em seguida, dois suspeitos seguiram ele e quando alcançaram, o atacaram com pedradas e pauladas. Pedro morreu ainda no local.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.