RONDONOTICIAS terça-feira, 17 de setembro de 2019 - Criado em 11/10/2001

Em audiência, juiz de Cacoal não solta acusado de molestar idosa

Pedido de liberdade provisória de Ceará do Assossete não foi concedido


Folha do Sul

12/09/2019 14:05:55 - Atualizado


VILHENA, RO - Em audiência realizada na manhã desta quinta-feira, 12, o juiz Ivens dos Reis Fernandes, titular da 2ª Vara Criminal de Cacoal, não atendeu ao pedido da defesa do autônomo Ivan Bezerra de França, para que fosse concedida liberdade provisória a ele. 

O vilhenense está preso em Cacoal desde o dia 28 de agosto, quando foi detido em Ministro Andreazza, acusado de molestar sexualmente uma aposentada de 81 anos. 

O advogado Carlos França, que representou “Ceará do Assossete”, como é conhecido o denunciado, alegou que ele tem residência fixa, exerce atividade lícita e não representa risco para a instrução processual.

O magistrado, no entanto, disse que só tomaria a decisão de soltar ou manter preso o autônomo de 47 anos após ouvir a manifestação do Ministério Público sobre o caso. O promotor que atua na ação, que já havia pedido a manutenção da prisão, deve se pronunciar nos autos entre hoje e amanhã.

Clique aqui e leia ata da audiência.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.