RONDONOTICIAS quinta-feira, 24 de setembro de 2020 - Criado em 11/10/2001

Justiça aumenta a pena de agente que tentou matar médico e decreta perda de emprego


Rondonoticias

Publicada em: 12/12/2019 14:41:16 - Atualizado


PORTO VELHO - RO - Desembargadores integrantes da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Rondônia, acataram recurso do Ministério Público do Estado decidindo aumentar a pena de 5 para 8 anos, um mês e seis dias, do agente penitenciário Oziel Araújo Fernandes que tentou matar o médico infectologista Gladson Siqueira.

O crime ocorreu na manhã do dia 6 de março deste ano, no estacionamento do Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron), na Capital.

Conforme é de conhecimento público, o  criminoso jogou soda cáustica no rosto do profissional, deixando-o cego dos dois olhos.

Os magistrados  seguiram o entendimento do relator José Antônio Robles, sobre a gravidade do crime.

Consta da denúncia do Parquet que houve tentativa de homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima.   Na mesma decisão o colegiado decidiu também perda iminente do emprego público.

O criminoso cumprirá a pena em regime inicialmente fechado.

    Segundo notícias de bastidores, a vítima teria um caso amoroso com a esposa do agente  e o caso supostamente ocorria nas dependências do SAE e Hospital de Base, em Porto Velho.

    LEIA MAIS: Justiça decreta prisão do agente penitenciário que atacou médico com ácido

    Justiça decreta sigilo no caso do médico atacado com soda cáustica 

    Agente penitenciário acusado de jogar soda cáustica em médico vai a juri hoje

     


    MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

    Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br