RONDONOTICIAS quarta-feira, 14 de abril de 2021 - Criado em 11/10/2001

Deputado Geraldo da RO "apronta novo barraco" e agride funcionários da Energisa

A ocorrência foi registrada. Geraldo relatou que foi agredido, mas não quis prestar queixa e nem fazer corpo de delito.


Rondonoticias

Publicada em: 08/04/2021 15:23:37 - Atualizado

PORTO VELHO, RO - A Polícia Militar registrou na tarde de quinta-feira (08), uma nova façanha do deputado estadual Geraldo da Rondônia-PSC.

Desta vez, ele é acusado de agredir dois funcionários da Energisa. O fato aconteceu na sede da empresa localizada no bairro Embratel, em Porto Velho, capital de Rondônia

De acordo com o boletim de ocorrência policial, Geraldo chegou na empresa  querendo falar com o diretor. Ele foi atendido pela secretária informando que o mesmo não estava no local. Na sequência, insistiu e  ameaçou agredir a mulher, caso não lhe permitisse o acesso até o gabinete.

Desesperada, a moça chamou o  vigilante, mas este foi agredido pelo deputado  com socos e chutes. Ele só se acalmou com a chegada dos seguranças da Assembleia Legislativa.

Para a polícia, Geraldo relatou que foi agredido, mas não quis prestar queixa e nem fazer exame de corpo de delito.

A ira do parlamentar contra a Companhia, segundo consta, foi porque a empresa entrou na justiça e conseguiu bloquear  seu salário e verbas indenizatórias  de seu gabinete para compor uma dívida no valor aproximado de R$ 1 milhão de reais. 

HISTÓRICO DE BARRACOS:

O deputado já tem histórico de agressões e confusões. Em dezembro de 2.020, ele foi acusado de agredir uma bailarina com um tapa no rosto, durante um evento em Ariquemes.

Também em Ariquemes o parlamentar se envolveu em outra confusão com o então Tiago Flores no decorrer de uma entrevita de rádio.

No mês passado, o deputado quase foi às vias de fato com a vigilância sanitária em Ji-Parana, porque estava sem máscara em um bar, descumprindo decreto que regulamenta as ações da covid-19. 

INVASÃO DE HOSPITAL:

Ele também já  invadiu o hospital Municipal de Ariquemes, a pretexto de ‘fiscalizar’ as instalações e provocou tumulto, colocou pacientes e servidores em risco e ainda desacatou servidores públicos, e só não foi preso em flagrante por ter imunidade parlamentar.

CONDENAÇÃO:

Condenado por sonegação fiscal, e investigado pelo mesmo crime, o parlamentar em 2020,  apanhou de supostos agiotas e ainda sofreu buscas pela polícia.

BARRACO NO SETOR FINANCEIRO DA ASSEMBLÉIA:

Depois que saiu da empresa Energisa e protagonizou o "papelão" descrito no preâmbulo desta matéria, Geraldo da Rondônia invadiu o setor financeiro da Assembléia Legislativa gritando. 

Desta vez ele queria desforra contra o Diretor da Casa, ex-deputado Cleiton Roque, que cumpriu a determinação judicial de bloqueio de seu proventos e verbas de gabinete. 

Na sequência, passou mal e precisou de atendimento médico.

Este, portanto, é o SEXTO "barraco" em que o parlamentar se envolve.

Apesar de tudo, ele ainda continua na Assembleia Legislativa, como membro titular do Conselho de Ética da Casa de Leis.

CONFIRA ABAIXO A OCORRÊNCIA POLICIAL:


CONFIRA ABAIXO NOS LINKS, AS FAÇANHAS DE GERALDO:

http://www.rondonoticias.com.b...

http://www.rondonoticias.com.b...

http://www.rondonoticias.com.b...

http://www.rondonoticias.com.b...


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br