RONDONOTICIAS terça-feira, 19 de março de 2019 - Criado em 11/10/2001

Jair Montes lamenta falta de acordo que levou à greve


Decom ALE

13/03/2019 11:25:44 - Atualizado

PORTO VELHO RO - O deputado estadual Jair Montes (PTC) lamentou a falta de sensibilidade do Governo, levando os agentes penitenciários e socioeducadores a decidir pela greve, por falta de acordo e de uma contraproposta à categoria.

"Eu estive na assembleia dos servidores e sou o único nesta Casa que conhece o sistema prisional por dentro e por fora. O que me deixa mais indignado é que, nesse momento, não há negociação, não há entendimento e o Governo não acena com um acordo possível, ignorando o acordo judicial e a situação desses servidores", destacou.

Ele denunciou que alunos do curso de formação de policial militar, estão sendo escalados para trabalhar nos presídios. "Não tem como aceitar isso. Essas pessoas não estão preparadas. Muitos policiais militares têm me ligado ou falado comigo, dizendo que a escala de trabalho está apertada, em razão de o Governo ter determinado a intervenção militar nos presídios".

Montes se autodeclarou como "pai do servidor público, de todas as categorias. Tá na hora desta Casa chamar para si a responsabilidade. Em 70 dias de Governo, já são dois decretos. Já fui ameaçado, já tentaram me intimidar. Não posso ser covarde e eu tenho posicionamento. Não vou me intimidar. Como vereador de Porto Velho, sempre defendi o servidor público de carreira. Aqui nessa Assembleia, não será diferente".


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.