02/01/2017 13:13:55 - Atualizado em 03/01/2017 10:14:23

Vereador diz que colegas receberam até R$ 50 mil para eleição da mesa

ARIQUEMES-RO - O vereador Ernandes Amorim (PTB), que já foi deputado estadual, deputado federal e senador, denunciou neste domingo uma suposta compra de votos para eleger a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores daquele município. Amorim obteve 2.354 votos nas últimas eleições e se tornou um dos 13 integrantes do legislativo municipal.

A denúncia de Amorim foi feita em sua página no Facebook. Ele disse que tomou conhecimento da compra de voto de alguns colegas por R$ 50 mil para cada um. Afirmou que, juntamente com outros cinco vereadores, "fez de tudo para acabar com esta falta de vergonha", mas "não deu outra. Venceu o esquema".

Para o biênio 2017/2018, foi eleito presidente da Câmara o vereador Vanilton Cruz (SD). Para o biênio 2019/2020, a vereadora Carla Redano (PRB).

Em sua postagem, Amorim escreveu: " Hoje sou vereador de Ariquemes , tomei posse protestando , passei no mandato de deputado estadual , deputado federal , e fui senador da república , faltava ser vereador , agora como vereador posso afirmar , que o poder legislativo é o mais corrupto de todos , responsável por destruir todo país , com informes de corrupção na eleição da mesa diretora diretora da câmara , nesses informes que rolou compra de votos , $ 50 , 000 , 00 , não deu outra , que vergonha , eu e mais 5 vereadores tentamos , fizemos apelo para acabar com esta falta de vergonha , não deu outra venceu o esquema..."

As eleições para a Mesa foram realizadas neste domingo, 1º.

Veja como ficaram as duas composições:

Veja quais os nomes escolhidos por biênio

Biênio 2017/2018:

Presidente - vereador Vanilton Cruz (SD)
Vice-presidente - vereador Natan Lima (PTB)
1° secretário - vereador Junior da 60 (PRB)
2° secretário - vereador Loro da Sucam (PP)

Biênio 2019/2020:

Presidente - Carla Redano (PRB)
Vice-presidente - Joel da Yamaha (DEM)
1° secretário - vereador Amalec da Costa (PSDB)

2° secretário - vereador Loro da Sucam (PP)


comentar

comments powered by Disqus

Ultimas Notícias

mais lidas